Exposição de pintura de José Paulo Monteiro Loureiro no Museu Municipal de Oliveira de Frades

236

O Museu Municipal de Oliveira de Frades tem patente a exposição temporária, até ao final de fevereiro, “Divagação”, da autoria de José Paulo Monteiro Loureiro, nascido em Huambo, Angola, e residente em Viseu, anunciou a câmara municipal local.

Segundo o comunicado de imprensa, o autor, de 62 anos, licenciado em engenharia civil e em arquitetura, a exercer “várias funções como técnico” numa autarquia, “cresceu com interesse pela pintura, mas a necessidade de se exprimir através dela é recente”.

“A sua obra pode ser dividida em três fases distintas. A primeira, muito geométrica, muito compartimentada dentro de fronteiras perfeitamente definidas; uma segunda em que as fronteiras desapareceram, mas onde ainda são visíveis apontamentos geométricos”, descreve.

O documento refere ainda que a terceira fase é “desconstruída, abstrata e mais evoluída, produz no observador sentimentos díspares e antagónicos de libertação” e, segundo o autor, é “a mais genuína e a que mais se adequa à sua maneira de ser”.

“Contudo as fases anteriores foram o trampolim que permitiu descobrir, não só, uma nova técnica de execução como um novo caminho. Apesar das diferenças, a alegria e a harmonia cromática, os pontos fortes da sua pintura, são transversais a toda a obra”, admite.

A nota de imprensa da Câmara Municipal de Oliveira de Frades, no distrito de Viseu, destaca ainda que José Paulo Monteiro Loureiro “tem obras vendidas tanto em Portugal como no estrangeiro” e “algumas das obras agora expostas pertencem a colecionadores particulares”.