Académico de Viseu vence Trofense em jogo de ‘aflitos’ e sai dos postos de descida

304

O Académico de Viseu venceu hoje o Trofense por 2-1, em jogo da 30ª jornada da II Liga de futebol, disputado no Estádio Municipal de Aveiro, e saiu dos lugares de descida da competição.

Num jogo entre ‘aflitos’, Pana inaugurou o marcador para o Académico de Viseu, aos 11 minutos, e Paul Ayongo aumentou a diferença no marcador de grande penalidade (17), com o Trofense a reduzir a desvantagem na segunda parte, marcando por Bruno Almeida, aos 52 minutos.

Com o triunfo, o Académico de Viseu sai da ‘linha de água’ e ascende ao 14.º lugar da II Liga, com 30 pontos, enquanto o Trofense ocupa o 17º e penúltimo lugar, em zona de descida, com 28 pontos, menos um do que o Sporting da Covilhã, primeira equipa a ‘salvo’.

A entrada impetuosa do Académico de Viseu no jogo valeu um golo à equipa de Pedro Ribeiro, que marcou por Pana, após uma recarga eficaz à entrada da pequena área, aos 11 minutos.

A vantagem seria aumentada aos 17 minutos, depois de Paul Ayongo ter sido derrubado dentro da área por João Paulo, com o avançado ganês a converter a respetiva grande penalidade.

O Trofense foi mais audaz na segunda parte e marcou cedo, com Bruno Almeida a surgir livre de marcação na área e a rematar para o fundo da baliza de Gril, após passe de Djalma, aos 52 minutos.

A equipa comandada por Francisco Chaló manteve a pressão sobre o Académico de Viseu e esteve perto de igualar o jogo num cabeceamento de Caio Marcelo, que o guarda-redes Gril defendeu por instinto, aos 63 minutos.

Pouco depois, Yuri Araújo desperdiçou uma boa oportunidade para tranquilizar os viseenses, quando surgiu isolado frente ao guarda-redes Rodrigo, rematando ao lado da baliza do Trofense, aos 65 minutos.

Até ao final da partida, o Trofense foi mais pressionante, causando alguns calafrios à defesa do Académico de Viseu, que teve a capacidade de segurar a vantagem.