Cantarinhas de segredo expõem palavras de ordem dos professores em Viseu

Cantarinhas de segredo de Molelos feitas em cartolina preta levaram hoje, ao Rossio de Viseu, palavras de ordem que nas últimas semanas têm estado na boca dos professores e chegado aos ouvidos dos portugueses, como “valorização”, “respeito” e “basta”.

As tradicionais peças de barro preto têm um segredo que é bem guardado, mas as de cartolina que foram hoje levadas nas mãos pelos professores tiveram como objetivo expor o que os incomoda.

Miguel Andrade foi um dos professores da Escola Secundária de Molelos, no concelho de Tondela, que esteve na capital de distrito a demonstrar a sua insatisfação.

Professor há mais de 20 anos, encontra-se no quarto escalão e, quando questionado em qual deveria estar, respondeu: “É melhor nem fazer as contas para não ficar depressivo, mas pelo menos no sexto ou no sétimo deveria estar”.

Apesar de ser natural do Porto, Miguel Andrade decidiu que não queria “andar com a casa às costas”, optando por estabilizar a sua vida pessoal e profissional, ao contrário de outros colegas que tiraram o curso superior consigo.

“A minha aposta foi um bocadinho mais longe da minha área de residência para conseguir estabilizar. Caso contrário, estaria como eles, a fazer viagens diariamente, com 20 e tal anos de serviço”, afirmou.

Graça Cascais apresentou-se no Rossio exibindo um cartaz com a inscrição “30 anos de serviço, 80 quilómetros por dia, escola perto de casa não abre vaga, grupo 320”.

A professora de Francês, que vive em Anadia (distrito de Aveiro), efetivou a 40 quilómetros de casa, numa escola de Santa Comba Dão (distrito de Viseu).

“Não é que seja muito, mas é uma estrada muito complicada, porque tem muitas curvas, muito nevoeiro e gelo. Na altura do inverno é horrível”, contou.

Ao lado de sua casa há uma escola que tem 20 turmas do seu grupo, mas “nunca abriu uma vaga para efetivar”.

“Vão colocando pessoas de outros grupos a ocupar o lugar”, lamentou Graça Cascais, contando que assim, mesmo estando “bem posicionada na lista graduada”, não terá hipótese de lá ser colocada.

Também Maria Emília Pereira, educadora de infância há 34 anos, faz diariamente “um percurso complicado” para conseguir dar aulas, porque vive em Penela da Beira, no concelho de Penedono, mas trabalha no de Tabuaço.

“Todo o percurso é muito complicado, porque passo por várias serras e sempre com gelo no inverno”, contou, considerando que, depois de tantos anos de serviço, já deveria estar mais próxima de casa.

Maria Emília Pereira tinha duas colegas “que sofriam de cancro e, com estas novas orientações das condições específicas, tiveram que se deslocar para o Sul”.

“Entretanto faleceram, aos 60 anos, e isso mexeu muito comigo. Questiono-me se vale a pena andar nesta vida”, afirmou.

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) estima que hoje estejam em greve 98% dos professores do distrito de Viseu.

Os professores estão em greve desde dezembro para exigir a contabilização de todo o tempo de serviço, melhores condições de trabalho e salariais, o fim da precariedade e a progressão mais rápida na carreira.

Atualmente, estão em curso três greves distintas, convocadas por várias organizações sindicais.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
2
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
3
pexels-los-muertos-crew-8460033 (1)
Bloco de Esquerda questiona Governo sobre fecho de urgências pediátricas em Viseu
4
Eventos_CMM
Eventos culturais e gastronómicos "para todos" até agosto em Mangualde

Artigos relacionados

thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Académico_de_Viseu
Prémio Heathy 3
Rossio Viseu
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu