“Vinde Adorar o Menino” é a exposição que marca a quadra natalícia, em Viseu

340

Exposição de presépios está patente no Museu Almeida Moreira e faz uma viagem pela tradição portuguesa do presépio

O Museu Almeida Moreira tem patente desde o passado sábado uma nova exposição dedicada à tradição artística e popular portuguesa do presépio.

Intitulada “Vinde Adorar o Menino”, a exposição apresenta um conjunto de presépios artísticos portugueses entre os séculos XVII e XIX, que moldaram a tradição e imaginário do próprio Presépio. Da mostra destacam-se exemplares da autoria dos artistas António Ferreira e Silva Porto, tendo sido cedidas peças provenientes de vários pontos do país.

Patente até 12 de janeiro, a iniciativa apresenta 8 peças singulares entre esculturas e “maquinetas” que são representativas da história da arte portuguesa nestes períodos, na sua forma de abordar esta tradição de cariz religioso e popular.

“Esta iniciativa é a mais imperdível proposta museológica de Viseu sobre o Natal – e para toda a família. É uma breve mas belíssima viagem ao património artístico português sobre o quadro da natividade, reveladoras das marcas do Barroco, mas também de muitas influências populares”, explica o Vereador da Cultura do Município, Jorge Sobrado.

Os presépios foram cedidos ao Museu Almeida Moreira pela Coleção Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Coleção Museu Nacional de Arte Antiga, Coleção Museu Nacional do Azulejo, Coleção Museu Nacional Machado Castro, Coleção Museu de Aveiro e Coleção Museu dos Biscainhos.

O Presépio é um dos temas de eleição da cultura portuguesa, que conhece diversas abordagens artísticas e multiculturais, que ligam o artesanato às artes plásticas e representações antigas às dos nossos dias. Na exposição “Vinde Adorar o Menino” vai ser possível observar verdadeiras esculturas dos presépios portugueses mais tradicionais.