PSD defende demissão do presidente do hospital de Viseu após fecho de urgência

A comissão distrital do PSD defendeu a demissão do presidente do Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV), depois de ter sido anunciado o encerramento durante a noite da urgência em cirurgia e ortopedia, durante o mês de novembro.

Na terça-feira, o Conselho de Administração do CHTV anunciou que a urgência em cirurgia e ortopedia estará encerrada à noite durante o mês de novembro e a via verde coronária estará inativa por 12 dias.

“O PSD de Viseu entende que o presidente do Conselho de Administração do CHTV falhou e não reúne condições para continuar à frente deste centro hospitalar, pelo que deve pedir a sua demissão”, afirmou a comissão política distrital, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O PSD recorda que já tinha alertado em 07 de outubro para a possibilidade “de vários serviços essenciais do Centro Hospitalar Tondela-Viseu poderem deixar de funcionar”, referindo que, na altura, o partido foi acusado de lançar “alarme social”.

“Infelizmente, estávamos certos”, afirma.

A decisão agora anunciada implica que o CHTV “deixará de dar resposta aos casos urgentes nestas especialidades e os doentes terão de ser encaminhados para hospitais de referência que os possam acolher e dar tratamento urgente”.

“Perante esta situação, a comissão política distrital do PSD de Viseu lamenta a incompetência do presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Tondela-Viseu, cuja intransigência e capacidade de encontrar soluções e consensos leva a que a população de referência do CHTV fique agora numa situação de grande vulnerabilidade”, acusa.

O PSD exige ainda que o deputado do PS João Azevedo deve “explicar-se publicamente”, depois de ter desvalorizado “as questões sérias da saúde no distrito”.

“Deveria sim estar ao lado da população do seu distrito, de defender as suas gentes e de lutar abnegadamente para que nunca nos encerrem serviços, principalmente aqueles que são o garante da qualidade de vida e do bem-estar do nosso distrito”, vinca o PSD.

Na terça-feira, o Conselho de Administração admitiu que, “no atual contexto de indisponibilidade” dos médicos, o CHTV assumiu a “responsabilidade de estabelecer um plano estratégico de minimizações dos danos na população”.

Assim, decidiu concentrar “os recursos existentes para o máximo de eficiência assistencial, ativando a resposta em rede do SNS de forma racional, promovendo as transferências para o hospital de referência dos doentes de tratamento urgente”, referiu.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Grafica Con logo de U las palmas
ASICOTUR CONFIRMA AGENDA INTENSA PARA O TIANGÜIS
2
SM REY de ESPAÑA
El Rey de España, Felipe VI, preside un año más el Comité de Honor de Termatalia 2024
3
Antoni Shkraba:Pexels
Financiamento de carros usados em Portugal: saiba como obter taxas mais baixas
4
IMG_3165
TERMATALIA E XANTAR EM 2024 COM APRESENTAÇÃO NA FITUR

Artigos relacionados

Visita e protocolo Recreio 1
bottle-2032980_1280
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Académico_de_Viseu
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu