PRK Sport Rally Team com jornada dura Itália

151

Foi um fim-de-semana duro, mas, acima de tudo, mais um acumular de experiência internacional,
este em que a PRK Sport Rally Team disputou a Baja Itália, jornada simultaneamente pontuável
para Taça do Mundo e Taça da Europa FIA de Bajas.
Contando com a participação das duplas Pedro Dias da Silva / José Janela, na pick-up Ford EXR05
(no 219), e Filipe Nascimento / Paulo Torres, aos comandos de um Buggy PRK 002 (no 304), uma
máquina desenvolvida pela equipa, faz-se agora o balanço da prova.
A secção competitiva da prova arrancou com a Qualifying Stage / SS1 de Meduna, troço de apenas
7,55 km em que Pedro Dias da Silva alcançou o 10o melhor tempo, enquanto Filipe Nascimento
assegurava a segunda melhor marca do grupo T3, sendo 22o da geral. Seguiu-se a SS2 Dignano, com
74,94 km, onde a dupla da pick-up EXR05 garantia uma marca que a fazia subir três lugares na geral,
ficando a pouco mais de 10 minutos dos líderes, enquanto o buggy PRK subia para a 18a posição.
Já no sábado as equipas viriam repetiram, por três vezes, um mesmo Sector Selectivo, que se dividia
em duas secções – Pasch (12,4 km) e Dignano (79,91 km), onde as coisas já não correram de feição,
nomeadamente a Pedro Dias da Silva. “Confesso que as expectativas eram altas, nomeadamente
depois de correr a SS1 e de avaliar o nosso andamento frente aos adversários e as coisas até
estavam bem encaminhadas para que pudesse subir mais uma ou duas posições, eventualmente
ascendendo ao top-5, mas uma sucessão de problemas viria a deitar por terra os nossos objetivos.
Primeiro foi um problema com a embraiagem, depois um furo que nos atrasou e, finalmente,
fiquei sem direção assistida a 20 km do final da prova”. Fruto dessas condicionantes, a dupla
nabantina perdia mais de meia hora, caindo para a 13a posição final.
Já Filipe Nascimento conseguia manter o seu buggy PRK no 18o lugar da geral, terminando como o
2o melhor do agrupamento T3, entre as apenas 20 equipas que chegaram ao final da dura prova
italiana, das 29 que a iniciaram: “Foi uma prova, de facto, muito dura, mas em simultâneo uma
experiência muito boa, que nos permitiu ganhar mais algum traquejo para futuros eventos
internacionais que venhamos a disputar”.
Finda esta jornada italiana, a Taça FIA da Europa de Bajas 2021 irá ter a sua última prova em
Portugal, na Baja Portalegre 500 (28 a 30 de outubro). A jogar em casa e com uma maior
representação, o PRK Sport Rally Team pretende aqui alcançar um conjunto de bons resultados, não
só à geral, como nas diferentes categorias em que se integram as viaturas que irá inscrever.

 

Foto : MMPhoto