Plano 2020/2030: Municípios de Aveiro apontam "defeitos" e "opções centralistas"

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) apontou “graves defeitos, omissões e opções centralistas” à “Visão Estratégica para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020– 2030”, divulgou hoje a entidade.

Na tomada de posição sobre o documento, no âmbito da discussão pública promovida pelo Governo, a CIRA nota a “falta de aposta concreta na coesão territorial à escala nacional” e de “um quadro de investimentos base que permita enquadrar as opções estratégicas assumidas”.

“A Cultura tem referências muito ténues e as candidaturas de (para já sete) cidades portuguesas a Capital Europeia da Cultura 2027 trazem uma oportunidade de enorme relevância nacional”, observa a CIRA.

A comunidade regional defende “a aposta e investimento na Cultura, como instrumento de coesão territorial, de desenvolvimento e de atratividade dos territórios” e propõe que sejam feitos investimentos “em equipamentos e programação culturais de referência”.

A rede ferroviária e a rede portuária são outras das áreas que merecem reparos no parecer da CIRA, propondo a execução do corredor ferroviário Aveiro, Viseu (troço novo), Guarda, Salamanca e a alteração para a bitola europeia.

Em termos portuários, é referida a necessidade de dar continuidade ao desenvolvimento das infraestruturas do Porto de Aveiro, nomeadamente no que respeita à acessibilidade marítima.

Quanto à qualificação de infraestruturas de saúde, a CIRA salienta que o Governo deve “assumir a resolução de problemas de estruturação e desequilíbrio de várias estruturas do Serviço Nacional de Saúde (SNS), evidenciados ainda mais pelo combate à pandemia”.

Reinvidica, por isso, “a ampliação e qualificação do Hospital Infante D. Pedro, no quadro do Centro Hospital do Baixo Vouga (CHBV), com a criação de uma nova Unidade de Consulta Externa e um Centro Académico Clínico, e a qualificação dos Hospitais de Águeda e Estarreja”.

Em causa está a “Visão Estratégica para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020-2030”, documento que servirá de base ao plano que o Governo irá apresentar à Comissão Europeia, em outubro, elaborado por António Costa Silva, cuja fase de consulta pública já terminou.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu
2
Rossio Viseu
Prejuízo de 1,5 ME nos transportes públicos leva Câmara de Viseu a abrir concurso
3
espetáculo teatro
Boneca com inteligência artificial promove reflexão sobre abuso sexual em Viseu
4
pexels-boom-12585940
Jornalistas desportivos distinguem Carlos Lopes por mérito internacional

Artigos relacionados

Visita e protocolo Recreio 1
bottle-2032980_1280
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Prémio Heathy 3
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu