LAMEGO: Ciclo de cinema ao ar livre com João Botelho no dia 16 de setembro

432

O Museu de Lamego anunciou que o sétimo ciclo de cinema ao ar livre, que decorre até 16 de setembro, apresenta esta sexta-feira o filme “O clube dos poetas mortos” (1989), de Peter Weir, no claustro do Convento de Santo António de Ferreirim.

Segundo um comunicado de imprensa, no dia 19, é a vez do claustro da Sé de Lamego exibir “A rapariga que roubava livros” (2014), de Brian Percival e, a última sessão acontecerá em 16 de setembro, com a presença do realizador João Botelho e do curador Sousa Dias.

“Uma sessão especial, no Castelo de Lamego, onde vai ser exibido “A Corte do Norte” (2009), de João Botelho, baseado na obra homónima de Agustina Bessa-Luís, cujo centenário de nascimento se celebra este ano”, refere o documento.

As sessões de cinema ao ar livre, organizadas pelo Museu de Lamego e Município de Lamego (distrito de Viseu), inserem-se, este ano, “na programação de Textemunhos, um festival literário promovido pelo Museu de Lamego, que toma a literatura como ponto de partida para um encontro transdisciplinar”.

“Um encontro entre museus, arte, música, cinema, teatro e gastronomia, com a finalidade de incentivar uma maior cumplicidade do público com os livros e os museus, matérias particularmente sensíveis, no que se refere aos hábitos culturais dos portugueses recentemente divulgados”, acrescenta o Museu.