Forças Armadas “precisam de um rumo” – major-general Carlos Chaves

O major-general Carlos Chaves defendeu hoje que as Forças Armadas “precisam de um rumo”, que deve ser assumido depois de se saber o que os portugueses esperam delas.

“As Forças Armadas são uma instituição do Estado e deve ser evitado que sejam sujeitas a alterações profundas de quatro em quatro anos”, afirmou aos jornalistas o major-general, presidente do conselho de fundadores da Associação Viriatos.14, de Viseu.

Questionado pelos jornalistas sobre as verbas do Orçamento de Estado para a Defesa, Carlos Chaves, que também é secretário-coordenador do movimento “Militares pela Verdade”, disse que “o problema não é a falta de dinheiro, é gerir o dinheiro, administrar o dinheiro”.

“Não é mal gerido”, esclareceu o general, acrescentando que o que é preciso é as Forças Armadas terem “um rumo”.

“Precisamos, em primeiro lugar, de saber o que é que os portugueses querem de nós, para depois dizermos aos políticos o que é que precisamos para fazermos aquilo que os portugueses esperam de nós”, explicou.

Nesse âmbito, é preciso “ouvir o povo primeiro”, o que considerou que não tem acontecido em campanhas eleitorais.

“As Forças Armadas são caras. Para serem boas, são caras”, frisou.

Lembrando que, além de militar, é um cidadão que paga impostos, Carlos Chaves disse que, na sua opinião, a lista de prioridades deve começar na Educação, seguir com a Saúde e a Justiça e só depois as Forças Armadas.

“Não as ponho em primeiro lugar. Mas temos que ter um lugar e temos que ter um rumo”, realçou.

No seu entender, não se pode andar de quatro em quatro anos a dizer: “agora é para a direita, depois é para a esquerda, depois é para cima, depois é para baixo”.

“As instituições, sejam as Forças Armadas, a diplomacia, os tribunais, têm que ter uma constante”, sublinhou.

O major-general falava aos jornalistas durante uma visita do Chefe do Estado Maior da Armada, almirante Gouveia e Melo, às instalações da Associação Viriatos.14, no Palácio dos Silveira, na Rua Direita, que foram remodeladas e serão inauguradas a 11 de novembro.

Questionado se gostaria que Gouveia e Melo fosse candidato a Presidente da República, o general respondeu apenas: “É o tempo de Portugal ter como Presidente da República um português normal”.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
2
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
3
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
4
Prémio Heathy 3
Câmara de Tondela recebe prémio Locais de Trabalho Saudáveis

Artigos relacionados

Académico_de_Viseu
pexels-los-muertos-crew-8460033 (1)
Rossio Viseu
espetáculo teatro
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu