Diretor financeiro da Câmara de Moimenta da Beira é candidato do PS

O candidato pelo PS à Câmara de Moimenta da Beira, Paulo Figueiredo, é o atual diretor financeiro da autarquia e, por isso, diz-se capacitado para gerir o município, onde quer apostar nas acessibilidade, agricultura e turismo.

“A minha grande prioridade será sempre o controlo e gestão financeira da câmara municipal, até pela minha formação, e obviamente fazer projetos estruturantes que são necessários para o concelho e com os quais já tenho compromissos com o Governo”, afirma Paulo Figueiredo.

Atual diretor financeiro da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, não é filiado no PS e por isso considera-se “independente” nesta candidatura, mas não esconde a “relação muito estreita” com o atual presidente, José Eduardo Ferreira, o socialista que termina o terceiro mandato.

“Solucionámos imensos problemas em conjunto e como sinto que dei de muito a esta câmara, entendi que era a oportunidade para dar continuidade a muito desse trabalho. Sinto-me capacitado para a função, porque conheço muito bem a câmara e sinto-me com competência para exercer o cargo”, sustenta.

Para o mandato de quatro anos, Paulo Figueiredo disse à agência Lusa que quer apostar nas acessibilidades, porque entende que o concelho necessita “muito de potenciar a atividade económica, mas existe um grande constrangimento” como as ligações a Moimenta da Beira.

“Passa pela ligação de Moimenta da Beira a Viseu e, neste momento, há uma ligação que temos de fazer, que é até Vila Nova de Paiva. Tenho esse compromisso com o Governo”, adianta.

Paulo Figueiredo assume também que “o Governo está disposto a conversar” com a sua equipa, quando chegar à presidência da Câmara, “para solucionar as carências existentes na agricultura e onde o concelho tem um enorme potencial”.

No seu entender, Moimenta da Beira tem “também muito potencial ao nível do turismo, no turismo da natureza e no fluvial, entre outros projetos, que serão colocados em prática, em prol, sempre, de melhor qualidade de vida no concelho”.

“Consegui criar uma equipa que se sente capaz, com muita experiência na sua vida pessoal e profissional o que me dá conforto, porque sei que terei à minha volta gente capaz de levar a cabo todas as missões da Câmara”, assegura.

Da sua vida profissional, aos 46 anos Paulo Figueiredo destaca a experiência no setor privado ao dizer que tem “experiência numa das maiores multinacionais em auditoria e consultoria” e, no setor público, a experiência passa por autarquias, em especial à que se candidata.

“A câmara de Moimenta da Beira tinha uma situação financeira muito débil, muito frágil, e hoje, possivelmente, é uma das melhores câmaras, com melhor sustentabilidade financeira da região e conheço muito bem estratégias políticas de outros executivos de vários partidos”, refere.

Isto porque, explica, fez “imensos projetos de consultoria em câmaras do Alentejo ao Minho, após a entrada em vigor da nova lei das finanças locais” o que o leva a dizer que será “talvez a pessoa neste país que mais projetos de reequilíbrio financeiro fez em câmaras municipais”.

Com formação em Economia e pós-graduado em auditoria e com curso de formação em gestão autárquica, Paulo Figueiredo é natural de Sever, uma das freguesias de Moimenta da Beira, tem um filho e vive em união de facto.

À presidência da Câmara Municipal de Moimenta da Beira concorrem também, nas eleições marcadas para 26 de setembro, Augusto Praça (CDU), Jorge Costa (PSD/CDS-PP) e Ricardo Fradão (Chega).

A autarquia está nas mãos do socialista José Eduardo Ferreira que completa três anos de mandato, ficando impedido de se recandidatar, devido à limitação imposta por lei. Em 2017, conquistou quatro mandatos (52,53% dos votos), o PSD alcançou dois (22,49%) e o CDS-PP um (12,22%) mandato.

Nessa altura, Moimenta da Beira tinha 10.900 inscritos, tendo votado 56,22% do eleitorado.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu
2
Rossio Viseu
Prejuízo de 1,5 ME nos transportes públicos leva Câmara de Viseu a abrir concurso
3
espetáculo teatro
Boneca com inteligência artificial promove reflexão sobre abuso sexual em Viseu
4
pexels-boom-12585940
Jornalistas desportivos distinguem Carlos Lopes por mérito internacional

Artigos relacionados

Visita e protocolo Recreio 1
bottle-2032980_1280
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Prémio Heathy 3
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu