Casa das Beiras em Toronto comemorou 20 anos com Viseu em destaque

1305

A Casa das Beiras de Toronto, no Canadá, comemorou 20 anos, numa cerimónia em que Viseu esteve em destaque, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques, mas também de duas deputadas do parlamento da Província de Ontário, Marit Stiles e Julie Dzerowicz, mas também da vice-presidente (Deputy Mayor) do Município de Toronto, Ana Bailão.

Na ocasião, Almeida Henriques salientou o trabalho desenvolvido pela comunidade portuguesa naquela região do Canadá, reflectido na vitalidade da Casa das Beiras, presidida por Bernardino Nascimento, natural do concelho de Viseu, mas especialmente “pelo magnífico trabalho de promoção de Portugal e das nossas Beiras, com destaque para Viseu”.

O autarca viseense deixou o compromisso de que a Casa das Beiras de Toronto “será a entidade da diáspora que homenagearemos no dia 21 de Setembro com a medalha de mérito municipal”, reconhecendo “o árduo trabalho” daquela colectividade ao longo de 20 anos.

 

Confraria da Casa das Beiras homenageou Gilberto Amaral

 

A ocasião foi aproveitada para a Confraria de Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’, através da Confraria Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’ da Casa das Beiras de Toronto homenagear Gilberto Amaral, a quem foi entregue por Almeida Henriques e Bernardino Nascimento o título confrádico de Comendador.

O artista, natural de Tondela e residente nos Estados Unidos, está a cumprir 30 anos de carreira, encerrando a digressão comemorativa na Casa das Beiras de Toronto, onde já actuou mais de dezena e meia de vezes. Gilberto Amaral mostrou-se surpreendido com a distinção, recebendo-a como o “reconhecimento” de uma carreira dedicada às canções, mas também orgulho das suas origens. “Sou de natural de Tondela, mas nasci na maternidade de Viseu”, afirmou na altura, dirigindo-se Almeida Henriques.

 

Confraria ‘Grão Vasco’ associou-se às comemorações

A Confraria de Saberes e Sabores da Beira ‘Grão Vasco’ dá os parabéns à Casa das Beiras de Toronto pelo 30 anos e José Ernesto Silva realça o “meritório trabalho que tem vindo a desenvolver na promoção e divulgação da cultura portuguesa e beirã junto da nossa comunidade ali residente”.

O Almoxarife da Confraria Grão Vasco endereçou uma mensagem em que destaca a “dedicação e entrega à causa” da direcção daquela colectividade, na pessoa de Bernardino Nascimento, o “grande mentor e impulsionador” da Casa das Beiras e o que a mesma representa hoje, marcando a presença de Portugal naquela cidade canadiana.

 

 

 

José Ernesto Silva