Município de Viseu vai criar novo Centro Logístico Municipal nas antigas instalações da Sumol Compal

386

Centralização de serviços municipais permitirá torná-los mais eficientes e possibilita a recuperação de uma zona industrial devoluta localizada na periferia da cidade

 

O novo Centro Logístico Municipal de Viseu vai instalar-se na antiga fábrica da Sumol Compal. O objetivo é concentrar diversos serviços municipais num único local e criar economias de escala. A minuta do contrato de aquisição do edifício foi aprovada hoje pelo Executivo em reunião de Câmara.

As antigas instalações da Sumol Compal, em Viseu, estão localizadas na periferia do centro urbano, um local com acessibilidade privilegiada a vários eixos rodoviários estruturantes. A concentração dos serviços municipais neste local, onde já se encontram instaladas as oficinas gerais do SMAS, possibilita uma resposta mais célere e eficiente às solicitações da população. O investimento rondará os 2,28 milhões de euros.

“A Câmara Municipal de Viseu cumpre assim um duplo objetivo estratégico: melhorar a organização e o modo de funcionamento de muitos serviços logísticos da autarquia, que se encontram atualmente disseminados pelo concelho; reabilitar e requalificar um conjunto edificado de uso industrial atualmente devoluto, extremamente bem localizado e com boas acessibilidades”, explica Conceição Azevedo, Presidente da autarquia viseense.

O objetivo do Município de Viseu passa assim pela recuperação desta zona industrial e requalificação das instalações, através do recurso a fundos do IFFRU – Apoios Financeiros à Reabilitação Urbana. Recorde-se que a autarquia já tinha aprovado uma ARU para o lote industrial, onde também se localizam as oficinas gerais dos SMAS. Com este mecanismo, será possível recuperar o edificado e dar novas funções a este antigo espaço industrial que desempenha um importante papel no contexto urbanístico da cidade, fomentando-se, simultaneamente, uma intervenção mais ampla no território envolvente.