Câmara de Viseu comprou 34 edifícios para criar cerca de 70 fogos nas aldeias

A Câmara de Viseu comprou 34 edifícios, desde o início do ano, que permitirão a criação de cerca de 70 fogos nos centros históricos das aldeias do concelho, no âmbito da Estratégia Local de Habitação.

Hoje, na reunião pública do executivo camarário, foi aprovada a aquisição de mais seis imóveis, situados nas freguesias de São Pedro de France (dois), Cavernães, Calde e Abraveses, e na União das Freguesias de Boa Aldeia, Farminhão e Torredeita.

O presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, salientou o esforço financeiro que está a ser feito para “arranjar casas com dignidade nas aldeias para dar resposta a quem não tem habitação” e, ao mesmo tempo, combater o despovoamento.

No entanto, o autarca avisou que não serão aceites respostas negativas: “Penso que nenhum viseense compreenderia que uma família, que não tem casa, recusasse” ir para uma aldeia.

“Imaginemos que alguém tem ligações familiares ou de proximidade em alguma aldeia, o bom senso diz que se lhe dê prioridade”, explicou aos jornalistas, no final da reunião.

Fernando Ruas considerou que a falta de resposta dos transportes públicos às necessidades das pessoas em termos de horários não poderá ser usada como desculpa para não aceitar a habitação, uma vez que será implementado o transporte flexível a pedido “Ir e Vir”.

“Estou desertinho para que o ‘Ir e Vir’ chegue ao concelho de Viseu. Temos tudo preparado para isso”, garantiu.

O “Ir é Vir” é uma solução desenvolvida pela Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões que visa garantir a cobertura adequada de transporte público em zonas de menor densidade demográfica.

Segundo Fernando Ruas, os preços dos imóveis adquiridos – que estão em ruínas ou desabitados – variam entre cinco mil e 60 mil euros. No total, até à semana passada, foram negociados imóveis no valor de cerca de 550 mil euros.

“Fizemos o mais difícil, que foi comprá-las (as casas), agora vamos aplicar os dinheiros do PRR (Plano de Recuperação e Resiliência) na reconstrução”, explicou o autarca, acrescentando que “têm de estar prontas até 2026”.

Em fevereiro, o autarca tinha anunciado que a Estratégia Local de Habitação seria aproveitada para levar pessoas para as zonas rurais do concelho, estando previstos perto de 14 milhões de euros para aquisição e reabilitação de imóveis.

Isto porque, no entender do executivo, a Estratégia Local de Habitação não se deve “circunscrever apenas à zona urbana, mas também aproveitar para recuperar algumas casas nos centros históricos das aldeias e depois disponibilizá-las”, justificou na altura.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
espetáculo teatro
Festival de Teatro Jovem e Amador de Viseu arranca na sexta-feira
2
Académico_de_Viseu
União de Leiria vence Académico de Viseu no fecho da 33.ª jornada da II Liga
3
tribunal
Presidente do grupo Lusiaves absolvido do crime de branqueamento de capitais
4
pexels-gustavo-fring-4895427
Ilumine o caminho! Escolher entre faróis de LED e de Xénon para o seu automóvel

Artigos relacionados

Viseu Sé
2024-05-19 CerimoniaDoacao_Conferencia_HumbertoDelgado_imagem
polícia psp
Museu Terras de Besteiros 1
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Viseu Sé
Diocese de Viseu com menos 34 padres no ativo do que em 2015
2024-05-19 CerimoniaDoacao_Conferencia_HumbertoDelgado_imagem
ENTREVISTA: Fotografias da campanha de Humberto Delgado escondidas durante 50 anos descobertas em Lamego
polícia psp
Cinco pessoas detidas por suspeita de tráfico de droga na região de Viseu
Museu Terras de Besteiros 1
Museu Terras de Besteiros cria roteiros para alunos do segundo ciclo em Tondela