Motociclistas manifestam-se contra a discriminação

63
Com o crescendo de indignação face à ausência de uma política estruturada para a melhoria das condições de mobilidade e, sobretudo, de segurança, os motociclistas DE TODO O PAÍS, manifestam-se, no domingo, dia 3 de fevereiro, contra a discriminação efetuada nas autoestradas de Portugal.
Sabia que, para circular nestas vias, um motociclo paga exactamente o mesmo que um automóvel de classe 1 que facilmente pesa mais 10 vezes e tem uma superficie de contacto com o asfalto imensamente superior, logo tendo muito maior peso na degradação do asfalto?
A exigência da criação de uma CLASSE 5, a imagem do que sucede em grande parte dos países europeus e com valor de 50% face aos automóveis, é o ponto principal desta manifestação que contará com duas caravanas que, do Norte e do Sul do País, convergirão para Lisboa, juntando-se à entrada da capital para rumar à Praça dos Restauradores.