Meia Maratona de Tondela distinguida com bandeira da Ética do Desporto

449
A Meia Maratona de Tondela – Ecopista do Dão – A Corrida da Natureza foi distinguida, na última semana, com a Bandeira da Ética do Desporto, atribuída a projetos que se destaquem por valorizarem um desporto justo e leal.
A Meia Maratona de Tondela, evento desportivo cuja organização pertence ao Município de Tondela em articulação com a Associação de Educação Física e Desporto, foi uma das três entidades agraciadas nesta cerimónia, que decorreu no Instituto Português do Desporto e Juventude de Viseu.
A representar o Município de Tondela esteve o chefe de gabinete Pedro Tavares, por incompatibilidade de agenda do vereador do Desporto, Pedro Adão.
Na sua intervenção, Pedro Tavares enalteceu o grande trabalho em rede, desenvolvido pela divisão do Desporto do Município de Tondela, onde se privilegia e apoia a vontade empreendedora do tecido associativo e desportivo do concelho, como foi o caso deste grande evento a Meia Maratona, que surgiu de uma ideia da AEFDT, à qual, o Município deu pronto apoio, acreditando na capacidade de fazer acontecer dos profissionais desta associação.
Nesta ocasião, lembrou ainda que a Meia Maratona de Tondela nasceu com o propósito de aliar ao desporto, as dimensões da solidariedade, das questões ambientais e a inclusão.
Por força das circunstâncias atuais devido à pandemia, este ano o evento, que previa acolher mais de 3 mil participantes, foi cancelado.
Ainda assim, a organização criou um evento alternativo, aberto a toda a população, intitulado “MEXE-TE, Conquista o teu bem-estar”, inserido na semana europeia do desporto BE-ACTIVE e que atingiu cerca de mil participações. Já a próxima edição da Meia Maratona de Tondela encontra-se marcada para o dia 02 de maio de 2021.
A Bandeira da Ética é uma distinção importante, no âmbito da «Certificação de Valores Éticos no Desporto», concedida a entidades que apresentem um projeto que vise, entre outros, a valorização de um desporto justo, leal, «limpo» e respeitador, contribuindo para o desenvolvimento integral de todos os participantes envolvidos.
A implementação e operacionalização da Bandeira da Ética compete ao Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. (IPDJ, I.P.), através do Plano Nacional de Ética no Desporto (PNED), mediante a criação de uma marca de qualidade das iniciativas desportivas, a qual deve ser potenciada pelas entidades certificadas dentro e fora da sua organização.