Académico de Viseu venceu Camacha e seguiu para ‘oitavos’ da Taça de Portugal

368

O Académico de Viseu, da II Liga de futebol, venceu hoje o Camacha, equipa do Campeonato de Portugal, por 3-0, em Viseu, e garantiu a passagem aos ‘oitavos’ de final da Taça de Portugal.

André Almeida, aos 11 minutos, Vítor Bruno (17) e Labila (87) construíram um triunfo tranquilo para os viseenses que, depois de terem marcado cedo, praticamente se limitaram a controlar o ritmo do jogo, frente a um adversário que raramente conseguiu chegar com perigo à baliza de Ricardo Janota.

Apesar de Jorge Costa ter poupado muitos dos habituais titulares, a superioridade do Académico de Viseu foi sempre evidente, com o primeiro golo do jogo a nascer na sequência de um canto, e André Almeida a saltar mais alto que todos e a bater de cabeça o guarda-redes Framelin.

O segundo golo chegou seis minutos depois, também de bola parada, com Vítor Bruno, de livre, a colocar a bola no ângulo superior direito da baliza do Camacha.

Os viseenses estiveram perto do terceiro golo aos 51 minutos: Yúri Araújo rematou e, com Framelin fora do lance, foi o central Wellyson a cortar sobre a linha de golo. No lance seguinte, Famana Quizera apareceu isolado e, já na pequena área, permitiu a defesa do guarda-redes do Camacha.

A primeira vez que os madeirenses se acercaram com perigo da baliza de Janota foi aos 65 minutos, com Mendy, de cabeça, a obrigar o guarda-redes academista a uma defesa difícil.

Numa fase em que o Camacha se estendeu mais no campo, à procura do golo, o Académico de Viseu chegou ao terceiro, aos 87 minutos, com Gautier Ott a assistir de cabeça Labial, que rematou fora do alcance de Framelin.

O mesmo Labila, no minuto seguinte, isolou-se e, de ângulo reduzido, rematou ao poste da baliza do Camacha.

Jogo no Estádio do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu – Camacha, 3-0.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores:

1-0, André Almeida, 11 minutos.

2-0, Vítor Bruno, 17.

3-0, Labila, 87.

Equipas:

– Académico de Viseu: Janota, Tiago Mesquita, André Almeida, Capela, Vítor Bruno (Igor Milioransa, 57), Nduwarugira, Famana Quizera (Gautier Ott, 70), Paná (Toro, 80), Tomás Silva (Messeguem, 70), Yúri Araújo (Labila, 57) e Ramirez.

(Suplentes: Gril, Arthur Chaves, Messeguem, Toro, Gautier Ott, André Clóvis, Bandeira e Igor Milioransa).

Treinador: Jorge Costa.

– Camacha: Framelin, Wellyson (Rudy, 80), Bonera (Afonso Sousa, 56), Cristiano Gomes, Rodrigo Alírio, Carlos Ponte, Samuka, Huguinho, Vieirinha, Mendy (Belo, 67) e Johnson Owusu (Henrique Silva, 67).

(Suplentes: Edgar, João Fernandes, Belo, Cristiano Abreu, Rudy, Henrique Silva e Afonso Sousa).

Treinador: Christopher Pilar.

Árbitro: João Gonçalves (AF Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Nduwarugira (48), Rodrigo Alírio (60).

Assistência: Cerca de 600 espetadores.