Viseu aposta em iluminação de Natal “mais modesta” e por menos tempo

729

Viseu terá iluminação de Natal nas mesmas ruas do que em anos anteriores, mas de forma “mais modesta”, ligada menos horas e durante menos dias, revelou hoje o presidente da Câmara.

“As poupanças que vamos fazer têm a ver com redução de funcionamento. Por exemplo, em vez de se desligar [a iluminação] à meia-noite, desliga-se às 23:00”, explicou Fernando Ruas aos jornalistas, após a reunião do executivo.

O presidente admitiu que “os horários ainda estão a ser trabalhados para ficarem definidos”, mas avisou que vai “ser mais ambicioso do que o Governo, que pediu para a iluminação só estar disponível durante seis horas”.

Aqui, “pode até ficar só cinco” horas.

O decreto-lei sobre o plano de poupança energética do Governo foi publicado em 27 de setembro e entre as medidas do executivo liderado por António Costa está o ajustamento dos períodos de utilização da iluminação natalícia entre as 18:00 e as 00:00.

“Não precisamos de ter a iluminação ligada seis horas por dia. A ideia é usar por menos tempo, mas na sua plenitude. Nas mesmas ruas, mas uma iluminação mais modesta, em termos de espetacularidade, e durante menos dias”, adiantou.

O autarca disse ainda que a iluminação em causa será com “base em lâmpadas led” e anunciou que, este ano, “não vão ser ligadas em 01 de dezembro”, como tem sido hábito ao longo dos anos.

“Vamos ter em consideração o fim da iluminação no Dia de Reis [06 de janeiro] e, possivelmente, só serão ligadas durante um mês, ou seja, há a possibilidade de se ligarem em 06 de dezembro e aqui já estamos a diminuir os dias e a poupar”, contabilizou.

Fernando Ruas escusou-se a revelar mais pormenores, uma vez que vai ser apresentado dentro de “pouco mais de uma semana” a programação da época natalícia e, nessa altura, anunciará também as “medidas em concreto” que estão a ser estudadas.