Projeto WireLOX apresenta resultados promissores na gestão de oxigénio no domicílio e vai agora avançar para teste em escala industrial

754

O WireLOX  , uma tecnologia de monitorização remota
aplicada a doentes com terapias respiratórias que requeiram o uso de oxigénio líquido e que
permite recolher informação em tempo real sobre o nível do mesmo no domicílio do doente,
(minimizando o risco de contágio durante a pandemia da Covid-19) ultrapassou já a sua fase
de teste com resultados bastante promissores.
Neste momento estão a ser revistos e compilados os resultados desta prova de conceito e o
dispositivo está a ser preparado para um teste em escala industrial, impulsionando o nível de
conhecimento da tecnologia e visando a utilização da mesma em massa, garantido também o
mais importante, a segurança dos utentes.
O WireLOX  é o resultado de um projeto em consórcio com o Centro de Investigação CeNTI,
que conseguiu desenvolver uma solução robusta, mas simples, permitindo que em apenas 6
meses fosse criado um protótipo, desenvolvido um protocolo de atuação e executados testes
em contexto de laboratório e ainda em contexto real.
Este dispositivo vem colmatar uma necessidade que se agudizou devido à Covid-19: o método
atual para definir a data mais adequada à reposição de oxigénio líquido está baseado numa
lógica que leva a um maior número de contactos entre doentes e técnicos da Linde Saúde do
que os são efetivamente necessários. Assim o WireLOX TM recolhe em tempo real informação
sobre o nível de oxigénio do doente no domicílio e transmite remotamente aos técnicos Linde
Saúde.
Quanto aos resultados, o WireLOX  demonstra diversas aplicações bem sucedidas, o que faz
deste dispositivo uma aposta certeira na área da monitorização remota. “Os resultados deste
projeto piloto são bastante promissores. Num dos testes elaborados, com a duração de 5 dias,
foi possível assistir ao decréscimo gradual do nível de oxigénio em função do consumo real e
observar a subida da quantidade de oxigénio reportada mediante reposição”, refere Leonel
Lourenço, Gestor de Projetos da Linde Saúde

Este dispositivo vem colmatar uma necessidade que se agudizou devido à Covid-19: o método
atual para definir a data mais adequada à reposição de oxigénio líquido está baseado numa
lógica que leva a um maior número de contactos entre doentes e técnicos da Linde Saúde do
que os são efetivamente necessários. Assim o WireLOX TM recolhe em tempo real informação
sobre o nível de oxigénio do doente no domicílio e transmite remotamente aos técnicos Linde
Saúde.
Quanto aos resultados, o WireLOX  demonstra diversas aplicações bem sucedidas, o que faz
deste dispositivo uma aposta certeira na área da monitorização remota. “Os resultados deste
projeto piloto são bastante promissores. Num dos testes elaborados, com a duração de 5 dias,
foi possível assistir ao decréscimo gradual do nível de oxigénio em função do consumo real e
observar a subida da quantidade de oxigénio reportada mediante reposição”, refere Leonel
Lourenço, Gestor de Projetos da Linde Saúde