Vouzela com concentrações de ozono elevadas na tarde de hoje

760

O concelho de Vouzela, no distrito de Viseu, ultrapassou hoje a concentração de ozono que segundo a lei obriga a informar a população, porque os valores podem prejudicar a saúde, informou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro.

O valor que ultrapassou os limites definidos por lei registou-se na estação de Fornelo do Monte, concelho de Vizela, entre as 17:00 e as 18:00. Foi registada uma concentração média de 184 microgramas de ozono por metro cúbico de ar, para um valor máximo de 180 microgramas.

A poluição elevada por ozono pode provocar danos na saúde, especialmente em grupos mais sensíveis, como crianças, idosos ou pessoas com asma, alergias ou outras doenças respiratórias ou cardíacas.

Nesses casos recomenda-se a redução da atividade física, sobretudo ao ar livre, e que se evite outros fatores de risco, como fumar ou contactar com produtos irritantes como gasolina, tintas ou vernizes. A exposição ao ozono afeta essencialmente as mucosas oculares e respiratórias e pode provocar dores de cabeça, no peito, falta de ar e irritações oculares.