Viseu vai inspirar dez dramaturgos no âmbito do projeto CRETA

Viseu servirá de inspiração a dez dramaturgos que vão escrever peças de teatro curtas em torno do conceito de herança, no âmbito da terceira edição do projeto CRETA, que foi hoje apresentada.

Este projeto, que se assume como um laboratório de criação teatral, é promovido pelo Teatro da Cidade e conta com um apoio de 50 mil euros da Câmara de Viseu.

O seu diretor artístico, Guilherme Gomes, explicou que a necessária transição para mecanismos digitais das atividades teatrais, devido à covid-19, permitiu alargar a abrangência do projeto para além de Viseu, ao nível do público e não só.

“Essa tendência já foi sentida este ano no Laboratório de Dramaturgia, que estamos a promover, e cujo resultado será apresentado em novembro”, referiu Guilherme Gomes, contando que o projeto recebeu 90 inscrições de todo o país, do Brasil e de Espanha.

Destes 90 inscritos, foram selecionados dez, “que visitarão Viseu ao longo do ano para escreverem dez peças de teatro curtas, que serão lidas e partilhadas na plataforma RTP Palco no final do ano”, explicou.

O Laboratório de Dramaturgia será coordenado por Ricardo Cabaça. As peças serão gravadas no formato leitura encenada e difundidas na plataforma RTP Palco a 06 de novembro.

Guilherme Gomes explicou que o tema “Herança” se prende com o facto de, este ano, o CRETA se virar para o futuro.

“Como temos difundido os projetos ‘online’, acabamos por ter a possibilidade de arquivar com muito mais qualidade tudo o que fazemos, desde as gravações, aos audiovisuais, podcasts e documentos escritos”, contou.

A terceira edição do CRETA propõe também “Exercícios de Escuta”, no Passeio dos Cónegos da Sé de Viseu, com a participação de André Albuquerque, Graeme Pulleyn e Sónia Barbosa, que lerão obras de Peter Handke, Roland Barthes e Fernando Pessoa.

“Em parceria com a diocese de Viseu, convidamos o público a ir para o Passeio dos Cónegos, ao final de uma tarde”, explicou Guilherme Gomes, salvaguardando que “estes calendários e horários estão todos muito dependentes da evolução da situação pandémica”.

O objetivo é ir para um sítio alto, ouvir os sons da cidade e os textos lidos pelos três atores.

“A nossa expectativa é de que o público possa atribuir significados ao diálogo que os textos estabelecem com a cidade”, frisou.

Nesta edição, duas companhias de teatro – Mochos no Telhado e ArDemente – vão abrir as portas das suas salas de ensaio ao público, enquanto trabalham nos seus espetáculos.

“Temos a expectativa de que o público possa conhecer os mecanismos de trabalho destas companhias, mas também influenciar os espetáculos que estão a ser criados neste momento”, disse o responsável.

Guilherme Gomes contou que havia também uma vontade muito grande de conhecer o público dos espetáculos, porque “há muitos projetos para mapear os criadores, mas quem são os espetadores que vão ao teatro?”.

Nesse âmbito, o CRETA convidou Ana Bento que “vai, ao longo do ano, conhecer histórias de espetadores e da sua relação com o teatro” e criará um ‘podcast’ em três episódios.

O Clube de Leitura de Peças de Teatro, O Princípio de um Espetáculo, O Lugar de Onde se Ouve, Teatro Filmado e País das Canções de Embalar são outras atividades previstas na terceira edição do CRETA.

Guilherme Gomes admitiu que, como esta é a segunda edição do projeto realizada em época de pandemia, foi possível adequar melhor o programa ao contexto atual.

“Uma das formas que encontrámos para suprimir os erros foi preparar uma série de planos alternativos, formas de responder em caso de surpresa”, explicou.

Por outro lado, o projeto conseguiu melhorar ideias que, no ano passado, tinham sido desenvolvidas “um bocado em cima do joelho”, como, por exemplo, O Lugar de Onde se Ouve.

“Nós não sabíamos exatamente o que é que havíamos de fazer e, para conseguirmos cumprir o projeto e manter a relação com o público, contactámos uma série de cúmplices, criadores e atores, no sentido de criar este objeto alternativo. Este ano está pensado de maneira muito mais estruturada”, referiu.

Na edição do ano passado, o CRETA colaborou com 42 profissionais da área da cultura e com 15 entidades parceiras, números que, segundo Guilherme Gomes, poderão este ano ser iguais ou superiores.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
2
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
3
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu
4
Prémio Heathy 3
Câmara de Tondela recebe prémio Locais de Trabalho Saudáveis

Artigos relacionados

thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Eventos_CMM
espetáculo teatro
pexels-marina-hinic-199169-730778
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu