Viseu recebe encontro de sobreviventes, cuidadores e profissionais de saúde para ajudar a superar o AVC

298

O “Encontro Portugal AVC – Juntos Para Superar!”, vai decorrer no dia 29 de outubro em Viseu, promovido pela Portugal AVC – União de Sobreviventes, Familiares e Amigos com o apoio do Centro Hospitalar, do Munícipio de Viseu e outras entidades.

Uma iniciativa que junta Sobreviventes de AVC, Familiares/Cuidadores e Profissionais de Saúde, para abordarem temas de interesse comum, como a vida pós-AVC, a reabilitação integral da pessoa, inclusive para o regresso ao trabalho, a acessibilidade e os direitos, também dos cuidadores. Mas também com diversos testemunhos, e várias atividades, da música, ao exercício físico mesmo para quem é afetado na mobilidade, e a dança inclusiva.

“Não é por acaso que chamamos a este evento, ‘Encontro’, e também ‘Juntos para Superar!’ São temas de interesse comum de todas as pessoas que queremos incluir, ainda que de diferentes perspetivas – e aí está logo uma riqueza. Depois, sentimos que todos podem contribuir para superar o AVC, mesmo que seja ‘contornando’ eventuais limitações, porque a vida pode e deve continuar! Queremos proporcionar que seja um verdadeiro momento de encontro, não apenas um ‘ciclo de conferências’, com múltiplos momentos que o privilegiam, pela positiva tanto quanto possível, de forma a que as pessoas, inclusive, saiam com mais ânimo para enfrentar as dificuldades. Também com exemplos e testemunhos, que possam ser mais uma importante ajuda para os participantes”, explica António Conceição, presidente da Portugal AVC – União de Sobreviventes, Familiares e Amigos.

Durante este encontro será ainda realizada uma evocação do Professor José Castro Lopes, recentemente falecido, distinto neurologista, professor e fundador e Presidente da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral. O Professor Castro Lopes dedicou grande parte da sua vida à causa do AVC, que lhe mereceu a atribuição do Prémio Nacional de Saúde, entre outras distinções, e lutou sempre pela criação de condições para a vida dos sobreviventes de AVC.

Qualquer pessoa pode participar nesta iniciativa, mediante inscrição no site www.portugalavc.pt, no qual também pode encontrar o programa completo.

No âmbito deste encontro irá ainda realizar-se a Exposição “(Sobre)Viver com AVC”.  De 21 de outubro a 07 de novembro o Palácio do Gelo Shopping recebe uma exposição de fotografia, por Luís Miguel Veloso, de sobreviventes de AVC, e uma exposição de pintura por sobreviventes de AVC.

O Acidente Vascular Cerebral (AVC), com cerca de 25 mil episódios de internamento por ano, é a maior causa de incapacidade em Portugal, atingindo todas as idades e géneros. Pode ocorrer como resultado de uma oclusão ou de uma rotura de um vaso sanguíneo cerebral, levando a que uma parte do cérebro sofra lesões, por não lhe chegar o sangue com oxigénio e glicose necessários. Dependendo da zona afetada, a pessoa poderá ficar subitamente com limitações, como por exemplo, movimentar uma parte do corpo, ter dificuldade na comunicação, entre outras a nível cognitivo ou emocional.