Vilafranquense e Tondela empatam a um golo e ampliam momentos menos positivos

288

O Vilafranquense e o Tondela empataram hoje 1-1, em jogo da 12.ª jornada da II Liga de futebol, disputado no Estádio Municipal de Rio Maior, e continuam sem conseguir regressar às vitórias no campeonato.

Bebeto inaugurou o marcador para os visitantes, aos 13 minutos, sendo que os ribatejanos empataram aos 60, por Edson Farias, já depois de Nené ter sido expulso, aos 46.

Com este resultado, o Vilafranquense permanece na quinta posição, com 18 pontos, mas eleva para seis o número de jornadas consecutivas sem conseguir triunfar. Já o Tondela, que averbou o terceiro empate seguido e o quarto jogo sem ganhar no campeonato, ascendeu provisoriamente à sétima posição, com 17 pontos.

Os ‘beirões’ entraram melhor e chegaram ao primeiro golo da tarde por intermédio de Bebeto: aos 13 minutos, Rafael Barbosa trabalhou bem à esquerda do ataque e serviu o extremo à entrada da grande área, tendo este desferido um remate rasteiro para o fundo das redes, num lance em que o guarda-redes Pedro Trigueira podia ter feito bem melhor.

A resposta dos comandados de Rui Borges surgiu cinco minutos depois, com Nené, assistido por Sílvio, a acertar, com o ombro, ao poste da baliza tondelense.

Até ao intervalo, as oportunidades dividiram-se entre as duas formações, sem que nenhuma tivesse tido efeitos práticos no marcador.

Logo a abrir a etapa complementar, Nené foi expulso, depois de ter dado uma cotovelada em Manuel Hernando, que teve mesmo de abandonar o terreno de jogo com queixas, mas, nem assim, o rumo da partida ficou mais fácil para a equipa de Tozé Marreco.

Pelo contrário, aos 60 minutos, Luís Silva lançou Edson Farias nas costas da defesa adversária e o extremo só teve de desviar a bola de Babacar Niasse, chegando ao empate em Rio Maior.

Aos 71 minutos, o recém-entrado Rúben Fonseca obrigou Pedro Trigueira a uma grande intervenção, a um remate à entrada da área, e, pouco depois, foi o defesa Eric Veiga a causar bastante perigo, numa iniciativa individual à esquerda do ataque do Vilafranquense.

Aos 84, a formação de Vila Franca de Xira voltou a estar muito próxima da reviravolta, após uma excelente jogada ofensiva, que culminou num remate de Bernardo Martins, a sair muito perto do poste esquerdo, e, já no período de compensação, Bebeto atirou com perigo, mas o marcador já não se alterou.

Jogo disputado no Estádio Municipal de Rio Maior.

Vilafranquense – Tondela, 1-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Bebeto, 13 minutos.

1-1, Edson Farias, 60.

Equipas:

– Vilafranquense: Pedro Trigueira, Léo Alaba, Gabriel Pereira, Anthony Correia, Sílvio (Eric Veiga, 46), Idrissa Dioh (João Mário, 74), André Ceitil, Luís Silva, Edson Farias (Umaro Baldé, 74), Tipote (Bernardo Martins, 46) e Nené.

(Suplentes: Fábio Duarte, Kike Hermoso, Bernardo Martins, João Mário, Suliman, Umaro Baldé, Eric Veiga, Ricardo Dias e Idrisa Sambú).

Treinador: Rui Borges.

– Tondela: Babacar Niasse, Tiago Almeida, Manuel Hernando (Dário Miranda, 52, Cuba, 77), Marcelo Alves, Khacef, Pedro Augusto, Ricardo Alves, Bebeto, Rafael Barbosa, Mateus Lacava (Rúben Fonseca, 66) e Daniel dos Anjos.

(Suplentes: Tear, Alcobia, Rúben Fonseca, Dário Miranda, Cuba e Betel Munhungo).

Treinador: Tozé Marreco.

Árbitro: Diogo Rosa (AF Beja).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Tipote (38), Sílvio (39), Daniel dos Anjos (42), Tozé Marreco (42), treinador do Tondela, João Mário (81), Luís Silva (88), Rafael Barbosa (90+1) e Babacar Niasse, após o apito final. Cartão vermelho direto para Nené (47).

Assistência: 179 espetadores.