Vereador João Paulo Gouveia é o novo vice-presidente da Câmara de Viseu

693

O vereador responsável pelas Finanças, João Paulo Gouveia, é o novo vice-presidente da Câmara de Viseu, cargo ocupado até agora por Conceição Azevedo, que assumiu a presidência, na sequência do falecimento de António Almeida Henriques, disse fonte da autarquia.

João Paulo Gouveia é vereador com os pelouros de Finanças, Mobilidade, Transportes e Comunicações, Freguesias e Desenvolvimento Rural e Urbano, Obras Municipais e Inovação e é, a partir de agora, também vice-presidente da Câmara Municipal de Viseu, revelou à agência Lusa fonte da Câmara Municipal.

O vereador, de 43 anos, entrou para o executivo municipal no primeiro mandato de António Almeida Henriques, e assumiu o cargo de vice-presidente entre 01 de junho e 30 de outubro de 2015.

Conceição Azevedo, até então vice-presidente da Câmara, assumiu a presidência com a morte, no último domingo, dia 04, de António Almeida Henriques, vítima de complicações provocadas pela covid-19.

A presidente acumula o cargo com os pelouros de Ordenamento do Território e Urbanismo, Ambiente, Saneamento Básico e Qualidade de Vida, Regeneração Urbana e Modernização Administrativa, Recursos Humanos, Gestão Geral, Organização Interna e Administrativa.

Convocado para a próxima reunião do executivo, na quinta-feira da próxima semana, adiantou a mesma fonte, está também o novo vereador Fernando Marques, que assumirá de forma oficial as funções no dia da reunião.

Fernando Marques era o candidato seguinte na lista social-democrata apresentada nas eleições de 2017, liderada por António Almeida Henriques e estava, atualmente à frente da Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU) de Viseu.

O executivo municipal é ainda composto pelas vereadoras executivas Cristina Brasete e Ermelinda Afonso, devendo alguns dos seus atuais pelouros “ser redistribuídos” com a entrada do novo vereador e a mudança de funções de Conceição Azevedo e João Paulo Gouveia, adiantou à agência Lusa fonte da autarquia.

A Câmara conta ainda com três vereadores não executivos e sem pelouro da oposição socialista.