Variante originária do Reino Unido detetada em 58% das amostras do INSA

A variante do coronavírus originária do Reino Unido foi detetada em 58% das amostras analisadas em fevereiro pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), que considera as variantes de África do Sul e Brasil com circulação reduzida em Portugal.

“A variante associada ao Reino Unido foi detetada por sequenciação com uma frequência relativa de 58.2% na amostragem nacional de fevereiro, mostrando um grande incremento relativamente à frequência de 16% observada em janeiro”, refere o relatório sobre a diversidade genética do SARS-CoV-2 que provoca a doença covid-19.

O relatório hoje divulgado, que não faz a estimativa direta da prevalência a nível nacional das variantes, refere também que foram detetados, até ao momento, cinco casos da variante do vírus associada à África do Sul, sendo um destes casos identificado em fevereiro, o que indicia que a sua circulação “é ainda limitada em Portugal”.

Para além dos 07 casos que já tinham sido previamente notificados e que estão associados a uma única cadeia de transmissão, foram detetados, na amostragem de fevereiro, mais três casos da variante originária da região de Manaus, no Brasil, números que, de acordo com o INSA, sugerem que esta variante também tem uma circulação reduzida no país.

Em fevereiro, foram ainda contabilizados 15 casos associados à variante do vírus identificada como P.2, também detetada no Brasil, e que está associada a casos de reinfeção de covid-19, avança o INSA.

O relatório indica também que a variante previamente identificada com a mutação na proteína `spike´, agora designada C.16, foi identificada em 5.1% na amostragem de fevereiro, uma percentagem relativamente igual à do mês anterior, mas mantendo uma “ampla dispersão nacional”, uma vez que foi detetada em 45 concelhos, abrangendo 11 distritos de Portugal continental, e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira.

Desde abril de 2020, o INSA tem vindo a estudar, em colaboração com o Instituto de Gulbenkian de Ciência (IGC), a diversidade genética do novo coronavírus com o objetivo principal de determinar os seus perfis de mutação, o que permite identificar as cadeias de transmissão e novas introduções do vírus em Portugal.

No âmbito do trabalho de estudo da evolução do SARS-CoV-2, o INSA já analisou 4.346 sequências do genoma do novo coronavírus, obtidas de amostras colhidas em 75 laboratórios, hospitais e instituições, representando 252 concelhos de Portugal.

Desde o último relatório, de 05 de fevereiro, foram analisadas mais 1.085 sequências, 861 obtidas no âmbito da vigilância nacional que o INSA está a coordenar, provenientes de laboratórios distribuídos por 17 distritos de Portugal continental e das regiões autónomas da Madeira e dos Açores, e 27 sequências de amostras suspeitas da presença das variantes associadas à África do Sul e Brasil.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
2
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
3
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu
4
Eventos_CMM
Eventos culturais e gastronómicos "para todos" até agosto em Mangualde

Artigos relacionados

bottle-2032980_1280
Prémio Heathy 3
pexels-los-muertos-crew-8460033 (1)
urgências médico hospital
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu