Ucrânia: Câmara de Viseu quer ajudar refugiados “em tudo o que for necessário"

O presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, mostrou-se hoje disponível para ajudar refugiados da guerra da Ucrânia “em tudo o que for necessário” e manifestou a vontade de os ver a viver nas zonas rurais do concelho.

“Parece-nos ser ótimo, para quem vem a fugir de uma guerra, o sossego das nossas comunidades mais rurais”, afirmou Fernando Ruas aos jornalistas, no final da reunião do executivo camarário.

O autarca explicou que a Câmara está disponível para ceder habitações aos refugiados, em colaboração com as Juntas de Freguesia.

“Gostaríamos muito de estimular essa vinda”, frisou, considerando que os cidadãos estrangeiros podem ajudar a região Centro a recuperar a população que tem perdido.

Fernando Ruas disse que o Governo deveria dar indicações relativamente ao número de refugiados que se destinam à região e garantiu, desde já, o “sim” de Viseu.

“Na falta dessa informação, recorremos à associação de ucranianos”, acrescentou.

O autarca salientou a solidariedade que tem sido demonstrada pelos viseenses e deu o exemplo de um empresário de Abraveses que se quis associar ao trabalho que a Câmara tem desenvolvido na ligação com o povo ucraniano.

Segundo Ruas, o empresário disponibilizou-se para suportar as despesas com um camião que leve mercadorias para a Ucrânia ou, caso seja considerado mais necessário, um autocarro que transporte refugiados para Portugal.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar com três frentes na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamentos em várias cidades.

As autoridades de Kiev contabilizaram, até ao momento, mais de 2.000 civis mortos, incluindo crianças, e, segundo a ONU, os ataques já provocaram mais de 100 mil deslocados e pelo menos 836 mil refugiados na Polónia, Hungria, Moldova e Roménia.

O presidente russo, Vladimir Putin, justificou a “operação militar especial” na Ucrânia com a necessidade de desmilitarizar o país vizinho, afirmando ser a única maneira de a Rússia se defender e garantindo que a ofensiva durará o tempo necessário.

O ataque foi condenado pela generalidade da comunidade internacional, e a União Europeia e os Estados Unidos, entre outros, responderam com o envio de armas e munições para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas para isolar ainda mais Moscovo.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
2
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
3
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
4
Prémio Heathy 3
Câmara de Tondela recebe prémio Locais de Trabalho Saudáveis

Artigos relacionados

Académico_de_Viseu
Rossio Viseu
espetáculo teatro
pexels-los-muertos-crew-8460033 (1)
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu