Sátão com projeto de apoio social no terreno a partir de segunda-feira

428

O município de Sátão vai colocar no terreno um projeto de apoio social, a partir de segunda-feira, cujos destinatários prioritários são a população sénior e isolada sem retaguarda familiar, devido à covid-19.

Em comunicado, a autarquia justifica que o projeto “tem como objetivo proteger este grupo de risco, uma vez que evitará as suas deslocações e assegurará as suas necessidades a nível de aquisição de bens alimentares, medicamentos, transporte para levantamento da reforma ou outro que seja considerado um serviço imprescindível”.

Neste âmbito, serão criadas três “brigadas de apoio” que, em articulação com as Juntas de Freguesia e Unidades Locais de Proteção Civil, “irão circular por todas as localidades do concelho, fazendo a recolha das respetivas necessidades e posteriormente a sua entrega”, acrescenta.

Os pedidos devem ser canalizados para as juntas de freguesia da área de residência.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 480 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 22.000.

Em Portugal, registaram-se 60 mortes, mais 17 do que na véspera (+39,5%), e 3.544 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que identificou 549 novos casos em relação a quarta-feira (+18,3%).

Dos infetados, 191 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.