Resposta do candidato João Azevedo às alegações de Pedro Alves (PSD)

229

“Ignorante, incompetente, demagógico e intelectualmente desonesto. É assim o deputado do PSD Pedro Alves, que fica incomodado, sempre que se depara com um acontecimento que contribui para o desenvolvimento de Viseu.

Foi assim com o anúncio das obras de ampliação do serviço de urgência e da criação de mais camas na Unidade de Cuidados Intensivos do Centro Hospitalar Tondela-Viseu. Criou ruído e contrainformação, dizendo que tudo não passava de uma fantasia. A verdade é que ambas as obras estão em curso. Agora, faz o mesmo com o Centro de Ambulatório e Radioterapia. Mais uma vez, para pena sua, a construção vai avançar: está por dias a abertura do instrumento de candidatura, por parte da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, que vai permitir a captação de fundos comunitários.

Não satisfeito com as demonstrações de ignorância, aponta a maledicência em todas as direções. Desta vez, é o IP3. Mais uma vez, sair-lhe-ão defraudadas as expectativas: “prevê-se o lançamento da primeira empreitada no 4º Trimestre de 2021, ao que acresce o lançamento dos trabalhos referentes aos restantes troços com desfasamentos de um a dois trimestres, permitindo a conclusão global do empreendimento para o final de 2024”.

Que o deputado do PSD Pedro Alves não tenha informação porque lhe é vedado o acesso aos centros de decisão, ainda é compreensível. Agora, que utilize a incompetência para dificultar o progresso do concelho de Viseu, é totalmente inaceitável.”

 

PS Viseu