Requalificação e Valorização da Igreja de São Pedro – Tarouca

682

No próximo dia 20 de janeiro iniciar-se-ão as obras de requalificação e valorização da Igreja de São Pedro Tarouca.

O Município de Tarouca candidatou esta obra ao PROVERE – Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos, tendo a mesma sido aprovada pela CCDR Norte, com um apoio de 47%, comprometendo-se a Câmara Municipal de Tarouca assegurar o pagamento dos restantes 53%, sendo o investimento total de aproximadamente 140 mil euros.

Pretende-se com o projeto a conservação e salvaguarda do património histórico, mais concretamente a conservação e restauro de elementos arquitetónicos e talha no interior do monumento classificado como Imóvel de Interesse Público, construção do Sec. XII, onde se conjugam vários estilos arquitetónicos desde o românico, passando pelo gótico, manuelino e barroco.

A intervenção pretende a recuperação da Igreja de São Pedro, Matriz de Tarouca, nomeadamente a conservação e restauro do Retábulo da Capela-mor, a guarnição decorativa do Arco Cruzeiro, o Retábulo da Virgem da Piedade, o Retábulo da Virgem do Rosário e o Retábulo do Sagrado Coração de Jesus, com os objetivos de potenciar o turismo através do património cultural, arquitetónico e arqueológico, ancorados num dos recursos endógenos mais importantes de Tarouca, que são os monumentos classificados do Sec. XII, entre os quais a Igreja de S. Pedro de Tarouca, a abertura ao público da Igreja de S. Pedro de Tarouca como forma de valorização e divulgação destes recursos junto dos Turistas e visitantes, bem como inclusão da Igreja de S. Pedro de Tarouca na Rede de Monumentos Vale do Varosa, rede de monumentos abertos de forma integrada à fruição pública, no Vale do Varosa, onde constam os mosteiros cistercienses de São João de Tarouca e de Santa Maria de Salzedas, o Convento Franciscano de Santo António de Ferreirim, a Capela de São Pedro de Balsemão e a Ponte Fortificada de Ucanha.