Região de Coimbra defende simplificação da contratação pública

143

Os autarcas da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra defenderam hoje, em Góis, a simplificação dos processos de contratação pública para permitir acelerar o investimento público.

Reunidos naquela vila do interior do distrito de Coimbra, os membros do Conselho Intermunicipal realçaram que, no atual momento, é “impossível executar com a velocidade necessária sem mexer na contratação pública”, de acordo com um comunicado daquela CIM, liderada por José Carlos Alexandrino, presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

“É absolutamente decisivo que se possa ultrapassar os obstáculos que a contratação pública tem gerado à execução do investimento público, sob pena de corrermos o risco de não sermos capazes de executar as verbas que vêm da União Europeia sem nunca negligenciar o rigor e a transparência”, afirma José Carlos Alexandrino, citado na nota.

A CIM quer “que a simplificação da contratação pública seja aprovada” pela Assembleia da República, face à dificuldade de as autarquias, com as regras em vigor, “executarem convenientemente” os fundos do Plano de Recuperação e Resiliência.

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra reúne 19 municípios: os 17 do distrito de Coimbra mais Mealhada e Mortágua, nos distritos de Aveiro e Viseu,