PSD desconsidera profissionais de saúde de Viseu

385

Quando o Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV) anuncia que vão avançar as obras na Unidade de Cuidados Intensivos para a criação de mais 12 camas, o PSD responde com desconsideração pelos profissionais de saúde do nosso concelho. Os mesmos que, durante a pandemia, foram o garante da proteção dos Viseenses. Os mesmos que, exemplarmente, estiveram na linha da frente deste combate para garantir resposta à população. Os mesmos que não permitiram que o nosso hospital vivesse situações de colapso como vimos acontecer em tantas unidades de saúde do país.

Em comunicado, o vereador da Câmara Municipal de Viseu João Paulo Gouveia, que é também presidente da concelhia do PSD e que integra as listas de Fernando Ruas às próximas eleições autárquicas, hostiliza o Presidente do Conselho de Administração do CHTV e, com ele, toda a instituição e todos os profissionais que ele representa, desvalorizando as vantagens do aumento da capacidade em cuidados intensivos e o desempenho da instituição na resposta à pandemia.

É com total repúdio que encaramos as declarações do PSD, que contribuem apenas para criar um clima de crispação entre instituições e para desunir Viseu. Já sabíamos que continuam a lutar contra o progresso de Viseu e que se opõem a tudo o que são notícias nesse sentido. Estão contra a criação do novo Centro de Ambulatório e Radioterapia. Estão contra as obras de ampliação do Serviço de Urgência. Estão contra o aumento da capacidade da Unidade de Cuidados Intensivos. Ou seja, estão contra a melhoria do acesso dos Viseenses aos cuidados de saúde.

Mas o desespero em que se encontram nesta campanha eleitoral não pode justificar o desrespeito por aqueles que mais fizeram por todos nós neste último ano e meio e que merecem as melhores condições para poderem continuar a fazer o seu trabalho de forma exímia.