Politécnico de Viseu – Nota de pesar Dr. António Almeida Henriques

276

O Instituto Politécnico de Viseu, no momento em que toma conhecimento do falecimento do Presidente do Município de Viseu, Dr. António Almeida Henriques, vem apresentar à família, aos amigos e aos membros da comunidade a expressão dos seus mais sentidos pêsames.

Nesta hora de grande perda, antes de mais para a família, o Instituto Politécnico de Viseu não pode deixar de assinalar a importância do Dr. António Almeida Henriques no reforço da ligação entre o conhecimento e a economia e entre o conhecimento e a comunidade, sempre na perspetiva da valorização das pessoas e do trabalho em torno dos elementos geradores de riqueza, de bem-estar e da identidade das populações locais.

Com o Dr. António Almeida Henriques a Cidade e o Concelho de Viseu renovaram-se não só fisicamente mas, principalmente, nas dimensões imateriais da vida comunitária mas também nas interligações com as diversas organizações e, em especial no que ao Instituto Politécnico respeita, com o ensino superior. 

A Região perdeu um interlocutor que abriu canais de comunicação entre os agentes políticos e as organizações de ensino superior, da vida cultural, económica e associativa. A Região deu um salto enquanto coletividade inteligente em que cada ator é capaz de ouvir os outros e, em conjunto, iniciarem-se processos de decisão partilhados mais inovadores e mais eficazes. O seu papel na modernização das cidades, com a intervenção ao nível das smart cities, foi de grande importância, criando bases para a modernização da vida económica, social, institucional que com certeza se irá aprofundar no futuro.

Foi também a sua ação no associativismo empresarial, em particular na AIRV e no CEC, que, sempre em colaboração com empresários, promoveu o desenvolvimento da transformação tecnológica do setor económico e introduziu uma dinâmica que perdura de apoio à inovação e ao empreendedorismo empresarial. 

Nunca como com o trabalho do Dr. António Almeida Henriques na condução das políticas da Câmara Municipal de Viseu, o concelho viveu a sua dimensão cultural de forma tão viva e tão inclusiva, particularmente mobilizadora dos diferentes agentes culturais locais, ao mesmo tempo que promovia e incentivava a participação e a fruição por parte dos seus concidadãos.

O Instituto Politécnico de Viseu não pode, pois, deixar de se associar, nesta hora de luto e de sentido pesar, ao tributo devido ao Dr. António Almeida Henriques enquanto homem, dirigente associativo e político, que sentiu existirem nesta Cidade, neste Concelho e nesta Região as capacidades necessárias para uma transformação em territórios mais desenvolvidos, mais solidários e mais amigos das pessoas que neles vivem e que neles encontram razões para viver e para construir o nosso futuro coletivo.

João Monney Paiva
Presidente do Politécnico de Viseu