PINHEL | Executivo Municipal reuniu através de videoconferência

225

Esta foi a primeira reunião da “era COVID-19” e, como tal, foi realizada através de videoconferência, de modo a evitar proximidade e contactos desnecessários.

Participaram todos os membros do Executivo, assim como as chefias dos vários serviços municipais.

Da ordem dia, destaque para a ratificação da decisão do Presidente da Câmara de reorganizar os serviços municipais, medida implementada a partir do dia 16 de março de 2020, no sentido de travar a entrada de COVID-19 no concelho de Pinhel.

Neste ponto da ordem do dia, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, aproveitou para fazer um ponto de situação de todas as medidas implementadas, desde o encerramento de serviços municipais à desinfeção das ruas que está em curso na cidade e no concelho.

Lembrou ainda a implementação de uma zona de isolamento no Centro Logístico (a utilizar em caso de necessidade), assim como a instalação de uma tenda de apoio ao Centro de Saúde, equipamento cedido pelo Clube de Montanhismo da Guarda, a quem o autarca aproveitou para agradecer.

Muitas foram as medidas implementadas, mas para o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, todas estas medidas serão poucas e eventualmente em vão se cada um não cumprir a sua parte.

Ficar em casa sempre que possível é imperativo e fundamental. Àqueles que eventualmente possam vir de fora, como por exemplo emigrantes ou pessoas residentes noutras regiões do país, o Presidente lembrou a obrigatoriedade de cumprirem o isolamento profilático de 14 dias a contar do dia de chegada (de acordo com o Despacho emanado pela Delegada de Saúde da Guarda).

Por outro lado, o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel também lembrou os cuidados a ter por parte das IPSS, que lidam diretamente com idosos, informando que o Município está atento às necessidades que possam vir a surgir. Nestes casos, a desinfeção de ruas que está a ser feita pelo Município também terá um cuidado especial.

Para os munícipes, importa ainda referir que o Executivo deliberou prorrogar o prazo de pagamento das faturas da água, assim como suspender eventuais cortes de água por não pagamento de faturas em atrasosituação que irá vigorar até junho (altura em que será feito um novo ponto de situação). De ressalvar que se mantêm os pagamentos por transferência bancária, multibanco e aos balcões dos CTT.

Finalmente, o autarca deixou uma mensagem de agradecimento a todos aqueles que têm colaborado neste processo e neste combate diário, desde os funcionários do Município, que rapidamente se adaptaram a novas formas de trabalho, havendo também aqueles que continuam a ter de ir para o terreno, passando pelas várias instituições com que o Município tem vindo a trabalhar diariamente – Juntas de FreguesiaCentro de SaúdeGNR e Bombeiros Voluntários Pinhelenses.

A todos os Pinhelenses, o Presidente da Câmara Municipal, Rui Ventura, deixa uma palavra de esperança, mas sobretudo um apelo de responsabilidade e ação preventiva.