Pedro Ribeiro quer um Académico de Viseu “humilde, forte e competitivo”

352

O plantel do Académico de Viseu iniciou hoje a preparação para a época 2022/23 da II Liga de futebol, em que o técnico Pedro Ribeiro espera liderar “uma equipa humilde, forte e competitiva”.

Depois de uma temporada em que a manutenção foi garantida sobre a ‘linha de meta’, o técnico academista ambiciona este ano uma temporada “mais tranquila” e, sem traçar nenhum objetivo de classificação, aponta o caminho “do desenvolvimento do Académico de Viseu, como clube, como estrutura, como equipa”.

“Este é o objetivo central e que nos vai permitir, de forma natural, que todos os outros objetivos aconteçam”, frisou.

No primeiro dia de trabalho, com os habituais exames médicos, houve quatro caras novas, os reforços Nduwarugira, médio defensivo ex-Leixões, o também médio defensivo Capela (ex-Penafiel) e os defesas-centrais Ícaro Silva (ex-Feirense) e André Almeida, que jogava no Sporting da Covilhã.

Quanto a renovações, o técnico Pedro Ribeiro viu garantida a permanência do guarda-redes Ricardo Janota, do lateral-direito Bandeira, do médio Paná, do jovem avançado Miguel Sena e do lateral-esquerdo brasileiro Igor Milioransa.

Com contrato, e continuidade no plantel, estão Luisinho, Yuri Araújo, Tiago Mesquita, Daniel Nussbaumer, Mbaye e Cheik Niang, enquanto Musa Yahaya, Vítor Bruno e Nuno Tomás, apesar de terem ligação ao clube, não realizaram exames médicos e a sua permanência no plantel não está assegurada.

Ainda com o plantel em aberto, com possíveis entradas e saídas de jogadores, o Académico de Viseu tem um calendário de pré-época com sete jogos de preparação.

O primeiro apronto será no dia 09 de julho frente à equipa de juniores do clube, no dia 13 de julho joga em Chaves, um adversário da I Liga, e em 16 de julho há novo jogo em agenda, mas ainda sem adversário definido.

No dia 20, o Académico recebe o São João de Ver, e a 23 joga em Quiaios com o Vizela. Recebe a Sanjoanense a 27 de julho e vai dia 30 de julho até ao Estádio dos Arcos, a Vila do Conde, para a apresentação do Rio Ave aos sócios, no terceiro jogo de pré-época frente a um adversário da I Liga.