Oficina de Prática e Conhecimento – Envelhecimento, Doença Mental e a Prestação de Cuidados às Pessoas Idosas: O Estatuto do Cuidador Informal (18 e 19 de junho – Zoom)

474

O Núcleo Distrital de Viseu da EAPN Portugal irá realizar em parceria com o Município e Rede Social de Mangualde a Oficina de Prática e Conhecimento:  “Envelhecimento, Doença Mental e a Prestação de Cuidados às Pessoas Idosas: O Estatuto do Cuidador Informal”, que decorrerá nos dias 18 e 19 de junho de 2020, por videoconferência, através da plataforma Zoom, das 14h30 às 16h em ambos os dias (duração de 3 horas).

A “Oficina” é dirigida aos Técnicos das Áreas das Ciências Sociais e Humanas e de Ação Social, Cuidadores Formais e Informais. As inscrições são gratuitas, mas deverão ser realizadas obrigatoriamente através do formulário de inscrição. O critério de seleção é estabelecido pela ordem de chegada das inscrições (limite máximo de 30 participantes) e será dada a prioridade aos inscritos provenientes do concelho de Mangualde.

A ação terá como objetivos: Reconhecer o Envelhecimento enquanto um processo contínuo ao longo da vida; Compreender a velhice enquanto última fase do Ciclo de Vida do indivíduo e as suas tarefas desenvolvimentais; Sensibilizar para a possibilidade de existência de problemas de saúde mental nas pessoas idosas; Dar a conhecer as implicações que os problemas de saúde mental podem ter a nível da autonomia e da funcionalidade das pessoas de mais idade; Elucidar sobre o Estatuto do Cuidador Informal.

O workshop será dinamizado por Emília Vergueiro: Mestre em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra; Psicóloga Especialista nas áreas de Psicologia Clínica e da Saúde e de Psicogerontologia pela Ordem dos Psicólogos Portugueses; pós-graduada em Neuropsicologia Clínica – do diagnóstico ao Tratamento, e em Intervenção Neuropsicológica – Avaliação e Reabilitação; Psicoterapeuta com Especialização em Psicoterapias Construtivistas pela Sociedade Portuguesa de Psicoterapias Construtivistas. Técnica do Centro de Apoio Alzheimer Viseu desde 2015, onde acompanha cuidadores (formais e informais) e pessoas com demência e seus familiares.

O prazo de receção de inscrições termina a 16 de junho de 2020.