Oficialização da Candidatura – Concelho de Viseu

828

O Bloco de Esquerda entregou hoje no Juízo Local Cível de Viseu as listas com que se apresenta para as Autárquicas de 2021, marcadas para 26 de setembro: à Câmara Municipal, à Assembleia Municipal e às Assembleias de Freguesia de Abraveses, Ranhados, Repeses e S. Salvador, Rio de Loba, S. João de Lourosa e Viseu.

Listas construídas por pessoas diversas, independentes ou militantes do Bloco, disponíveis para lutar pelo que faz falta no concelho de Viseu. São listas que representam a diversidade que defendem.

Listas onde as mulheres não se restringem a lugares secundários pela obrigatoriedade de cumprimento da norma da paridade.

Que representam várias lutas de defesa de Direitos Humanos, dos Animais e Ambientais, com a presença de ativistas que têm assumido estas bandeiras no concelho.

Com pessoas de Viseu. Umas que nasceram no concelho, outras que vieram depois, de outro local do país ou do estrangeiro, mas por aqui ficaram.

Com profissionais das mais variadas áreas e experiências: social, saúde, cuidados,  educação, engenharia, hotelaria, restauração, comércio, cultura, arte, construção civil, mecânica, economia, comunicação ou direito, para nomear algumas.

Com pessoas cujas idades vão desde os 20 aos 84 anos.

Esta diversidade, que é também um retrato concelhio, é a garantia de que os compromissos assumidos não se ficarão pela promessa e de que haverá o esforço real de execução e fiscalização, respeitando  os votos de quem confia neste projeto e se revê no que propõe.

Assumimos, assim, um desafio nos órgãos a que concorremos: ser a força política que põe travão ao crescimento da extrema direita e que disputa uma posição de influenciar decisões num cenário sem maiorias absolutas.

As listas já estão na rua, já promoveram iniciativas, já responderam a denúncias por parte da população e todas as semanas têm reunido com associações e coletivos, de variadas áreas, de todo o concelho.

Concretizamos o que defendemos: uma política de proximidade, focada na construção de respostas às necessidades da população. Continuaremos sempre a lutar, com a força que nos for confiada, pela transparência, democracia e cidadania, pelo ambiente, pelos direitos dos animais e por um concelho para toda a gente, onde os órgãos autárquicos apoiem quem mais precisa, garantam habitação digna, acesso à saúde e transportes públicos que não esqueçam nenhum lugar!

Somos a força que procura o fim da opressão e discriminação sobre quem não responde ao padrão da suposta normalidade!

A força que procura o fim da exploração, que atira quem trabalha para a pobreza!

A força que não tem medo de ser verdadeira oposição, denunciando o que está mal e propondo soluções em benefício das populações!

Bloco de Esquerda Viseu