Núcleo de Viseu da UMAR promove CineMulher

95

O núcleo de Viseu da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta – vai assinalar o Dia Internacional de Mulher, 8 de Março, com a exibição de dois filmes, hoje e amanhã (3 e 4 de março), na Rua Senhora da Boa Morte, nº18. O “CineMulheres” – assim se intitula a iniciativa, colocará no grande ecrã, “Um dia Inesquecível” (1977), de Ettore Scola, com Sophia Loren e Marcelo Mastroianni (em exibição dia 3, pelas 22h00), e “Eu sou o Amor” (2011), de Luca Guadagnini, com Tilda Swinton, Edoardo Gabriellini e Alba Rohrwacter (em exibição dia 4, às 17h30).
Ambos os filmes são protagonizados por personagens femininas, o primeiro, por Antonieta, mãe de seis filhos, que vive na Itália fascista de Mussolini, e o segundo, por Emma, pertencente a uma família patriarcal da alta burguesia de Milão, em que dominam os deveres para com o marido.
CineMulheres conta com a colaboração da Amnistia Internacional – núcleo de Viseu e da Associação Pausa Possível.
Criado em novembro de 2015, o núcleo de Viseu da UMAR tem vindo a desenvolver ações de sensibilização da comunidade [como a foto ilustra], sobre o papel da mulher na sociedade, violência de género e igualdade de oportunidades, entre outras temáticas, ao mesmo tempo que tenta aumentar a sua capacidade de intervenção na região, tendo em conta “as múltiplas solicitações a que a Associação é sujeita e o seu grau de responsabilidade social”.
Cristina Bandeira, coordenadora do núcleo, disse ao Notícias de Viseu, que a região tem especificidades que é necessário conhecer e que exigem uma preparação técnica adequada. Neste sentido, a UMAR tem vindo a desenvolver o Projeto “Capacitar para Melhor Intervir”. (ver mais na edição em papel)