Núcleo da ASPEA Viseu realizou uma atividade de limpeza num troço do rio Pavia

197

Esta atividade, no âmbito do Projeto Rios, teve início em “terra”, com uma agradável conversa dirigida pela Eng.ª Sandra, do Departamento de Ambiente da CMV, durante a qual os participantes aprenderam mais sobre a importância das espécies autóctones, tendo sido seguida pela remoção de algumas espécies invasoras do espaço da Quinta da Cruz. A atividade passou depois para a água fresquinha do Rio Pavia, com a monitorização e o registo da qualidade da água do rio e a limpeza dos resíduos encontrados.

Esta foi a atividade inicial no âmbito do Projeto Rios, que é uma iniciativa coordenada pela Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA) que incentiva a adoção e monitorização de troços de 500 metros de rios ou ribeiras por grupos locais organizados, de modo a sensibilizar a comunidade para os problemas e para a importância da proteção, valorização e reabilitação dos sistemas ribeirinhos.

No distrito de Viseu estão inscritos, até ao momento, 21 grupos de monitorização, totalizando 11 quilómetros de linhas de água adotadas, distribuídos pelos concelhos de Viseu, Tondela, Lamego, Mangualde, Santa Comba Dão, Cinfães, Nelas, Oliveira de Frades, Satão, S. Pedro do Sul e Vouzela.

Recorrendo a uma metodologia de observação simples, mas rigorosa, promovendo a curiosidade científica e a aplicação de um método científico experimental, através da recolha e registo de informações e dados geográficos, físico-químicos, biológicos, eventos históricos, sociais e etnográficos, o Projeto Rios pretende aproximar as pessoas das linhas de água e que estas assumam os grupos com a responsabilidade de vigilância e proteção do troço escolhido, contribuindo assim para a melhoria ambiental dos recursos hídricos, em geral, e para promoção de ações de melhoria do troço, em particular.

Como refere o presidente da ASPEA, Joaquim Ramos Pinto, para além da vertente ecológica, este projeto visa, também, a tomada de consciência ambiental baseada na participação voluntária e ativa dos cidadãos, incluindo as vertentes social e cultural, sempre na expectativa da conservação e melhoria dos ecossistemas ribeirinhos.

O núcleo da ASPEA Viseu encontra-se a planear outras atividades para fomentar a Educação Ambiental no distrito de Viseu e convida todos os interessados pelas temáticas a juntarem-se a este grupo.

A coordenação do núcleo da ASPEA Viseu informa que irá promover as saídas de monitorização no troço adotado em parceria com a Qtª da Cruz no próximo Outono, convidando desde já todos os interessados por estas temáticas a participar, bem como, sempre que possível, irá dar apoio aos restantes grupos da região. O núcleo está também a planear outras atividades diversas para fomentar a educação ambiental no distrito.

 

Foto : Raquel Balsa