Novas instalações para USF de Viseu no âmbito da transferência de competências

1054

Novas instalações para Unidades de Saúde Familiar (USF) deverão ser construídas nos próximos anos em Viseu, no âmbito das competências na área da saúde que a autarquia se prepara para aceitar, anunciou hoje o presidente da Câmara, Fernando Ruas.

No final da reunião do executivo camarário, Fernando Ruas disse aos jornalistas que, após o diálogo que houve nas últimas semanas com o Ministério da Saúde, estão reunidas as condições para aceitar as competências nesta área.

“Está removida uma boa parte dos obstáculos que nos impediam da aceitação das competências na saúde”, frisou o autarca social-democrata.

Segundo Fernando Ruas, o maior obstáculo prendia-se com as responsabilidades da autarquia relativamente ao chamado “edifício alto” da Segurança Social, onde funcionam três USF.

“Havia uma proposta do executivo que me antecedeu, que foi atualizada. Essa proposta passava por um montante extremamente elevado que era para fazer face à passagem de parte do edifício alto. Retirámos essa parte dos montantes e atualizámos os outros”, explicou.

Como a “parte mais difícil está limada”, a assinatura do acordo deverá realizar-se a curto prazo.

“Aquilo que a Saúde nos propõe, e que nós queremos, é que os serviços que lá (no edifício da Segurança Social) estão de saúde saiam para o exterior. Isso passa pela construção de USF, para as quais já temos montantes definidos e que aceitamos”, acrescentou.

Fernando Ruas adiantou que a câmara tem três ou quatro locais em vista para a construção de raiz dos novos edifícios das USF, considerando que os montantes acordados serão suficientes.

“Os valores estão praticamente acertados”, acrescentou.