LAMEGO VAI TER UMA NOVA CLÍNICA DE HEMODIÁLISE

2645

A DaVita Portugal vai abrir uma nova clínica e hemodiálise no antigo Hospital de Lamego. Trata-se de um projeto desenvolvido em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Lamego, com o objetivo de aproximar o tratamento de diálise aos doentes desta zona do país. A inauguração da DaVita Lamego está prevista já para o próximo mês de setembro.

“A construção e abertura de uma nova clínica reflete a nossa missão em inovar e acrescentar valor à prestação de cuidados renais e vem solucionar as carências do concelho de Lamego na área da Diálise, que têm obrigado as pessoas com doença renal crónica a deslocar-se aos concelhos vizinhos para fazerem os seus tratamentos. Desta forma, estamos a contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos doentes e dos seus familiares”, refere Paulo Dinis, Diretor-Geral da DaVita Portugal.

E continua: “Estamos a reconstruir uma das alas do antigo Hospital de Lamego, que estava ao abandono desde 2013, aquando da inauguração do novo hospital, o que será também uma mais-valia para a cidade. Além disso, a nova clínica vai criar postos de trabalho para a população residente no concelho.”

A DaVita Lamego vai estar equipada com tecnologia inovadora, disponibilizando 20 postos de tratamento. Vão ser realizados três turnos diários, o que vai permitir prestar assistência diferenciada na área da hemodiálise a um total de 120 doentes por semana.

A doença renal crónica é provocada pela deterioração lenta e irreversível da função renal. Como consequência, existe retenção no sangue de substâncias que normalmente seriam excretadas pelo rim, resultando na acumulação de produtos metabólicos tóxicos no sangue (azotemia ou uremia). Nas fases mais avançadas as pessoas com esta doença necessitam de realizar regularmente um tratamento de substituição da função renal que poderá ser a hemodiálise, a diálise peritoneal ou o transplante renal.