Lamego – Detido por incêndio florestal

423

No âmbito de uma ação de patrulhamento, dia 31, os elementos do NPA visualizaram fumo e, ao chegar ao local, abordaram o suspeito que estava a realizar a limpeza de um caminho com recurso ao fogo, com o objetivo de facilitar o acesso ao seu terreno. Através da pronta intervenção da Guarda e de populares, com recurso a alfaias agrícolas, foi possível suprimir as chamas, evitando uma repercussão mais gravosa que colocava em perigo uma área de cerca de 4 200 m2.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Lamego.

A proteção de pessoas e bens, no âmbito dos incêndios rurais, continua a assumir-se como uma das prioridades da GNR, sustentada numa atuação preventiva, com o envolvimento de toda a população e demais entidades públicas e privadas, na salvaguarda da vida humana e na segurança do património de Portugal e dos portugueses.