IL -Transparência em Campanha

308

O coordenador do Núcleo de Viseu da Iniciativa Liberal e diretor da
campanha autárquica em Viseu, Sérgio Figueiredo, desafiou ontem as demais
candidaturas a tornarem públicas as suas contas de campanha ao momento.

Referindo que a IL já gastou 987 euros do seu orçamento de 2360 euros da
campanha distribuídos por 7500 flyers, 10 muppies, 1 banner e a “sede
itinerante”, o dirigente deixa aos demais partidos o apelo para que
tornem público e de forma transparente os gastos da campanha, sem se
esquecerem dos custos com cartazes colocados na capital fazendo querer
aos eleitores que só o partido do governo terá voz no poder central –
numa demonstração de arrogante sobranceria de quem se sente dono do
estado por pertencer à máquina socialista – e que sem isso o concelho
ficará ao abandono como tem acontecido ao longo das últimas décadas.

Sérgio Figueiredo refere ainda que é coordenador de um núcleo de pequena
dimensão quando comparado com as estruturas locais dos outros partidos,
mas com muito trabalho feito, com uma campanha dinâmica e mobilizadora
que prova que é possível fazer muito com pouco, com pouco orçamento e
sem um euro da subvenção pública. Os membros do nosso núcleo são pessoas
que trabalham, que não se podem dar ao luxo de tirar licenças sem
vencimento, mas que fazem no final do dia pelo partido o que outras
máquinas gigantes só fazem, e por vezes menos bem, a troco de muito
dinheiro público.

Refere ainda que esta campanha é uma oportunidade para demonstrar aos
eleitores que, se tal é possível em campanha política também o é na
gestão autárquica. Nas câmaras também é possível fazer mais com menos se
as prioridades estiverem bem definidas, e com foco total no bem estar
das pessoas respeitando o esforço que estas fazem sempre que pagam
impostos, taxas e taxinhas.

Alguns Viseenses têm manifestado vontade de efetuar doações a favor do
partido e Sérgio Figueiredo refere a finalizar que caso o orçamento que
solicitaram a propósito de um único e diferenciador outdoor que querem
colocar na cidade se encaixar em valores modestos e razoáveis irão
aceitar tal manifestação de boa vontade e apoio, tornando essas
situações tão publicas e transparentes constando da documentação a
entregar no Tribunal de Contas.

A IL através do seu candidato Fernando Figueiredo assinou o manifesto do
Autarca por Bom Governo não por razões eleitoralistas mas porque, tal
como os demais candidatos em grande número da IL que o assinaram,
acredita que é imprescindível incrementar a integridade das campanhas
eleitorais e vincular os próximos presidentes de Câmara e de Junta de
Freguesia aos valores da transparência, da ética e da responsabilidade
no exercício dos cargos públicos.