Homem de 33 anos constituído arguido por suspeita de burla em Moimenta da Beira

378

O Comando Territorial de Viseu da GNR, através do Posto Territorial de Moimenta da Beira, anunciou hoje que constituiu arguido na quarta-feira um homem de 33 anos, por burla qualificada, no concelho de Moimenta da Beira, distrito de Viseu.

Segundo uma nota de imprensa, o homem foi constituído arguido no âmbito de diligências de “investigação que decorriam há cerca de dois meses, por crimes de burla qualificada” de documentos.

“O suspeito através de promessas de obtenção de cartas de condução e de renovação, influenciou a que quatro vítimas, por meio de engano, lhe entregassem toda a documentação necessária para a obtenção das cartas de condução e elevadas quantias em numerário, no valor estimado de 10.000 euros”, descreveu.

Ainda segundo a GNR, o “indivíduo divulgava, através do método de “passa a palavra”, que tinha especiais conhecimentos no Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), que lhe permitiam obter cartas de condução sem o necessário exame legal”.

“No entanto, após receber os valores e a documentação, cessava o contacto com as vítimas”, acrescentou a GNR que efetuou “uma busca domiciliária que culminou na apreensão de diversa documentação pessoal entregues pelas vítimas ao suspeito”.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Moimenta da Beira.