Gente da Minha Terra Ep 2: Capitão Almeida Moreira

 

Falar de Almeida Moreira é falar de Viseu, e falar de Viseu é falar de Almeida Moreira. Nascido em 1873, afigura-se como uma das figuras mais relevantes da história recente da nossa cidade. O capitão Francisco António de Almeida Moreira foi homem de vários ofícios: envolveu-se no mundo desportivo enquanto dirigente e associativo, foi autarca, investigador e museólogo, professor do Liceu Alves Martins, coleccionador de arte, artista (sobretudo na área da pintura) e militar de carreira.

Encetou os seus estudos na terra natal, mudando-se para Lisboa para o Real Colégio Militar e foi na capital que apurou o seu sentido estético. Relacionar-se-ia com artistas tão ilustres como António Ramalho e Columbano Bordalo Pinheiro, em calorosos encontros na Escola Politécnica. Todavia, o seu fervor artístico não o desviou das suas incumbências militares. Alcançou o estatuto de capitão após regressar a Viseu, no Regimento de Infantaria 14. Almeida Moreira preferia capitanear as tendências artísticas da sua época (e não só), dedicando-se ao coleccionismo de belas e variadas obras de arte, que hoje conseguimos encontrar na Casa Museu Almeida Moreira, no horizonte recuado do Jardim das Mães. Destacam-se no interior da sua antiga residência colecções de pintura, cerâmica, escultura, mobiliário, têxteis e ourivesaria. Não se fica por aqui o legado de Francisco Almeida Moreira. Dinamizou, como vice-presidente da Câmara e dirigente da Comissão de Iniciativa e Turismo de Viseu, a capital da beira enquanto destino turístico. Foi responsável por ajardinar Viseu em todos os seus recantos, modernizou o Rossio, requalificou o Parque do Fontelo e teve o brioso mérito de idealizar dois dos principais atrativos viseenses: O Painel de Azulejos, encomendado a Joaquim Lopes, e o Museu Nacional Grão Vasco.

Quando sentiu o primeiro suspiro fatal a percorrer-lhe o corpo, abdicou das suas funções autárquicas e redigiu sentido testamento para a cidade de Viseu, como quem entrega os tesouros deste mundo ao seu filho. Sim, Almeida Moreira foi um filho de Viseu, mas comportou-se como

pai. Todo o seu legado foi entregue à Casa do Soar. Faleceu a 18 de Dezembro de 1939, mas a sua partida foi a semente viva de um sonho muito seu: a Casa Museu Almeida Moreira.

Capitão Almeida Moreira, Viseu faz-lhe continência.

Francisco Paixão

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
2
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
3
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
4
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu

Artigos relacionados

RR01122021SOFIAMOREIRADESOUSA0040-Copy-scaled-1-1536x1156
miguel-a-amutio-QDv-uBc-poY-unsplash
johann-walter-bantz-HG1pkXN7SVA-unsplash
imagem_2021-08-09_195357
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu