FLUXODRAMA no Centro Cultural de Carregal do Sal

315

A Amarelo Silvestre anuncia a sua nova criação – “Fluxodrama”. 

Depois da estreia em Coimbra, seguem para:

– Centro Cultural de Carregal do Sal, no dia 17 de Outubro às 17h e às 21h;

– Digressão Funchal, com apresentações no Teatro Municipal Baltazar Dias, dias 22 e 23 de Outubro às 15h e Às 21h.

Durante a II Guerra Mundial, milhares de refugiados encontraram abrigo temporário em hotéis portugueses. “Fluxodrama” é uma abordagem performativa à contemporaneidade permanente de assuntos universais como este.

Uma experiência sócio-teatral onde cada um (actor e espectador) pode determinar o fluxo dos acontecimentos.

As convicções individuais farão aproximar e afastar pessoas no seu fluxo contínuo. O fim será adiado até ao limite das possibilidades.

FICHA ARTÍSTICA/TÉCNICA

“Fluxodrama” 

 

Direcção Artística: Fernando Giestas e Rafaela Santos

Co Criação: Ricardo Vaz Trindade e Sofia Moura, Ricardo Baptista, Leonor Barata, Carolina Reis, António Alvarenga, Alexandre Costa

Figurinos: Rafaela Mapril

Produção executiva: Liliana Rodrigues

Gestão Financeira e Comunicação: Susana Loio

 

Criação e Produção: Amarelo Silvestre

Parceria: As Casas do Visconde, Câmara Municipal de Nelas e Hotel Pantanha

Apoio: Direcção-Geral das Artes

 

Duração 90 minutos aprox.

Classificação Etária M/16