Depressão: como combater esta doença

390

A depressão é uma doença cada vez mais comum e que deve ser encarada com seriedade. Algumas formas de ajudar a combater esta doença têm sido amplamente faladas, incluindo o CBD. Conheça alguns aliados que ajudam a combater o estado de ânimo depressivo.

O ritmo de vida das pessoas no século XXI motiva, em grande parte, o aumento no número de casos de depressão. Ao redor do mundo, as vidas quotidianas agitadas são verdadeiras promotoras do stress e da ansiedade, ao mesmo tempo que as dinâmicas sociais, largamente ancoradas no digital, criam sentimentos negativos, como a tristeza, o isolamento e a solidão.
A depressão resulta muitas vezes destas sensações, podendo ainda ser provocado por alterações fisiológicas ou por traumas experienciados; que motivam a redução na produção de importantes neurotransmissores, como a serotonina e a dopamina.
Independentemente da sua causa, a depressão é uma doença séria e que se tem tornado o mais comum, que se manifesta de formas diversificadas.
Entre os principais sintomas desta doença encontra-se a sensação de tristeza e mal-estar, a falta de energia, a insónia, a dificuldade de concentração e na tomada de decisões e também uma perda de interesse generalizada. Agir no sentido do tratamento torna-se, por isso, fundamental.
Leia mais sobre o papel do CBD no processo de tratamento da depressão e saiba quais as melhores formas de combater esta doença.

1. Como o CBD pode ajudar na depressão
Vários estudos científicos em torno da Cannabis têm demonstrado que um dos seus compostos, o CBD tem efeitos benéficos no combate à depressão.
Os estudos realizados demonstraram um aumento na transmissão de receptores de serotonina no cérebro humano com o consumo de CBD, bem como o estímulo que este promove no hipocampo, ajudando na renovação celular.
O consumo deste composto ajuda, assim, a aumentar os índices corporais de serotonina, ao mesmo tempo que a sua ação calmante, relaxante e anti-inflamatória contribui para a redução de algumas das causas que promovem a depressão, incluindo o sono irregular, a insónia, o desconforto físico e as inflamações neurológicas.
A sua ação na regulação do nosso cérebro e do nosso organismo faz com que este canabinóide se torne um forte aliado no combate da depressão, motivando um melhor funcionamento do corpo, uma maior sensação de conforto e descanso e ajudando a melhorar o dia a dia de quem sofre desta doença.
2. Outros aliados no combate à depressão
Além de poder utilizar o CBD no combate à depressão, também pode utilizar outros meios para evitar sentir-se deprimido.
A alimentação é muito importante neste processo. Algumas comidas, como o iogurte, o mel, os frutos secos, as frutas e os legumes têm a capacidade de modular, recaptar, degradar e sintetizar os neurotransmissores que promovem o bem-estar, como a dopamina, a noradrenalina e a serotonina.
Além disso, o exercício físico pode também ser um forte aliado no processo na medida em que a prática física promove a liberação de endorfinas, produzindo uma sensação de felicidade.
Por fim, perante a depressão, é muito importante que busque ajuda especializada, dando a devida atenção ao problema.


TAG