Congresso mundial em Lamego promove cidadania e desenvolvimento sustentável

A cidade de Lamego ficará, a partir de agora, como um símbolo mundial da promoção da cidadania e do desenvolvimento sustentável. O “I Congresso Global de Direitos Humanos” reúne, desde esta quarta-feira, cerca de 300 congressistas que vão colocar em cima da mesa temas fundamentais para o futuro do planeta, estimulando novas construções de ideias e o desenvolvimento científico a partir de uma perspetiva multidisciplinar. A sessão de abertura deste grande evento académico internacional contou com a presença da secretária de Estado da Justiça, Helena Mesquita Ribeiro, e do bastonário da Ordem dos Advogados, Guilherme Figueiredo.
Na sua intervenção, a governante afirmou que o mundo precisa hoje, “mais do que nunca que as consciências estejam despertas para os direitos humanos fundamentais”, acrescentando que a realização deste encontro “numa das mais belas cidades do país” é um exemplo do ativismo na região Interior. Também Guilherme Figueiredo considera que este congresso “constitui um passo no bom sentido para dar mais atenção aos vulneráveis”.
Até sábado, o Teatro Ribeiro Conceição é o ponto de encontro de muitos professores, investigadores e membros da sociedade civil, interessados na temática dos Direitos Humanos “tão urgente e necessária para o futuro de todos”. “Quem disse que não podemos mudar o mundo?”, questionou João Paulo Bichão, membro da Comissão Organizadora, que recordou que este congresso começou a ser idealizado em agosto, em S. Luís do Maranhão, no Brasil, num encontro entre três alunos de pós-doutoramento, em Salamanca. Na intervenção de encerramento, o Presidente da Câmara Municipal de Lamego, Ângelo Moura, defendeu que os “direitos são hoje um património mundial” e que “sem ética na governança, não estão a ser assegurados os Direitos Humanos”. O autarca aproveitou ainda a presença da secretária de Estado para elogiar “o esforço do Governo em devolver a justiça de proximidade na região e reabertura dos tribunais”.
O objetivo principal do “I Congresso Global de Direitos Humanos” é educar as pessoas para esta temática e perceber os vários discursos em torno deles, bem como debater os 17 objetivos globais para o desenvolvimento sustentável traçados pela ONU em 2015. Para o ano já está prometida a realização de uma nova edição na cidade de Lamego.

Partilhar
Autor
Picture of Notícias de Viseu
Notícias de Viseu
Notícias de Viseu é um órgão de informação regionalista, independente, livre de influências políticas, económicas, religiosas ou quaisquer outras, votado à prática de uma informação cuidada, verdadeira e objetiva.

Novidades

1
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu
2
Rossio Viseu
Prejuízo de 1,5 ME nos transportes públicos leva Câmara de Viseu a abrir concurso
3
espetáculo teatro
Boneca com inteligência artificial promove reflexão sobre abuso sexual em Viseu
4
pexels-boom-12585940
Jornalistas desportivos distinguem Carlos Lopes por mérito internacional

Artigos relacionados

Visita e protocolo Recreio 1
bottle-2032980_1280
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Prémio Heathy 3
Entre em contacto

+351 232 087 050
*Chamada para rede fixa nacional

geral@noticiasdeviseu.com
publicidade@noticiasdeviseu.com

Avenida do Convento nº 1, Complexo Conventurispress, Orgens 3510-674 Viseu

Subscrever Newsletter
Procurar
Últimas notícias
Visita e protocolo Recreio 1
Câmara de Tondela apoia obras em edifício que acolherá creche no Caramulo
bottle-2032980_1280
Município de Lamego melhora desempenho das estações de tratamento de água
thomas-thompson-KEWVZAwkLxQ-unsplash
Associação do Dão lança projeto turístico que permite experiências rurais
Académico_de_Viseu
Rui Ferreira é o novo treinador do Académico de Viseu