“Como se para um espelho de Baishô” vence prémio de poesia Judith Teixeira em Viseu

347

A obra “Como se para um espelho de Baishô”, de Xavier Zarco, venceu o prémio de poesia Judith Teixeira, atribuído pela Câmara Municipal de Viseu e pela editora Edições Esgotadas.

Pedro Manuel Martins Baptista (com o nome literário Xavier Zarco), residente em Coimbra, receberá 2.500 euros da autarquia e terá a sua obra publicada pela Edições Esgotadas.

A cerimónia de entrega de prémio está marcada para 16 de dezembro, na Biblioteca Municipal D. Miguel da Silva, em Viseu.

No âmbito da parceria entre o município e a editora, e em homenagem à escritora natural de Viseu e falecida em Lisboa (1880-1959), é distinguida bienalmente uma obra de poesia escrita em língua portuguesa.