Comissão Europeia aprova candidatura do Politécnico de Viseu

599

A Carta Erasmus para o Ensino Superior (CEES) proporciona um quadro geral de qualidade para as atividades de cooperação europeia e internacional das instituições de ensino superior no âmbito do programa Erasmus+. A atribuição de uma CEES é um requisito prévio para todas as instituições de ensino superior de um país do programa que pretendam participar na componente de mobilidade individual para fins de aprendizagem e/ou na cooperação para a inovação e boas práticas no âmbito deste programa.
A candidatura à Carta Erasmus para o Ensino Superior para o período de 2021 a 2027, formalizada no passado mês de maio pelos Serviços de Relações Externas do PV, e aprovada na passada semana, vai permitir a participação em todas as ações chave do Programa Erasmus+.
Para o Presidente do Politécnico de Viseu, a aprovação desta candidatura «é o reconhecimento de que a internacionalização da instituição não é apenas um objetivo estratégico, mas um meio de melhoria da qualidade do ensino, investigação e transferência de conhecimento, pelos benefícios associados, nomeadamente, partilha de experiências interculturais, aproximação entre os povos, aquisições de novas competências, partilha de metodologias de ensino/aprendizagem e cooperação no sentido de encontrar soluções para os desafios que se colocam, a curto e médio prazo, ao ensino superior». Para João Monney Paiva esta é «mais uma oportunidade para fortalecer e alargar a rede de instituições parceiras que poderão desempenhar um papel emblemático na criação do Espaço Europeu da Educação como um todo».