Centro Oncológico de Viseu – do projecto à obra, da promessa à realidade!

458

Fernando Figueiredo, candidato à CMV e Pedro Pereira, candidato à AM
pela Iniciativa Liberal visitaram este domingo o terreno destinado ao
prometido Centro Oncológico do Centro Hospitalar de Tondela-Viseu, um
desiderato da região e um activo essencial para aquele que é o segundo
maior hospital da região Centro, e que serve mais de meio milhão de
utentes, muito para lá dos limites do concelho e distrito de Viseu.

25 anos depois da inauguração do novo edifício do Hospital de Viseu,
milhares de utentes do foro oncológico continuam sem uma resposta
diagnóstica e terapêutica com métodos modernos e qualificados, com um
edifício que resposta à dimensão da oferta que é necessário dar aos
doentes da região. Ao longo dos últimos anos, várias instituições de
saúde do setor privado têm vindo a preencher parcialmente o vácuo que o
Serviço Nacional de Saúde deixa nestes serviços, ajudando centenas de
pessoas a evitar deslocações de dezenas de quilómetros para outras
unidades do SNS, em Coimbra e Porto.

Os candidatos manifestam preocupação com uma obra tão importante como a
do Centro Oncológico, que é arrastada anos e décadas sem nenhuma
evolução significativa e esperam que o lançamento das obras de renovação
do Serviço de Urgência do CHTV – que também foram anunciadas diversas
vezes e levaram anos a tomar forma – seja um sinal de verdadeiro
investimento urgente na saúde no interior.

Em dezembro de 2020, depois de reunião com a Ministra da Coesão
Territorial, foi anunciado que finalmente o projeto do Centro Oncológico
de Viseu estaria pronto sem tardar até ao final do 1° semestre de 2021.
Atentos ao facto de que falta menos de um mês do fim deste prazo e
temendo que, infelizmente este anúncio da apresentação do projecto, não
passe de mais uma manobra de propaganda em ano de eleições autárquicas,
Fernando Figueiredo e Pedro Pereira entenderam ser momento para
relembrar essa promessa. Acresce que mesmo que os projetos de
arquitetura e da especialidade estejam prontos em meados deste ano, esta
obra ainda terá que submeter candidatura para co-financiamento ao Centro
2020, pelo que muita água passará ainda debaixo da ponte deste assunto.

Em 2020, uma proposta na Comissão de Saúde da Assembleia da República
exigindo a efetiva construção do Centro Oncológico foi aprovada com
votos da maioria dos partidos – Iniciativa Liberal incluída – exceto o
Partido Socialista, que agora em campanha por Viseu chama a si o mérito
desta obra e por isso, em respeito pelos cidadãos e pelos doentes, a
candidatura da IL vem exigir que se passe das promessas aos actos para
bem de doentes oncológicos de Viseu e de toda a região que o CHTV serve.

É com esta esperança que os candidatos da IL irão contar dias e horas
até que o Centro Oncológico seja uma realidade ao serviço de Viseu, dos
Viseenses e do Interior Centro. Não desistirão dessa luta!

https://www.facebook.com/watch/?v=484182636198712