Caramulo Motorfestival regressa em setembro

226

Mais de 1.100 automóveis, motos e aviões vão participar na XVII edição do Caramulo Motorfestival, que se realizará entre 02 e 04 de setembro, anunciou hoje a organização.

Organizado pelo Museu do Caramulo (situado no concelho de Tondela), em parceria com o Automóvel Club de Portugal, o festival motorizado terá este ano aumentada a área da Bikersville, dedicada exclusivamente ao universo das duas rodas, o que permitirá “receber ainda mais marcas e clubes de motos, concentrações de motos de competição, antigas, cinquentas, Vespas e Café Racers, entre outras”.

“O espaço continuará a reunir ainda empresas de customização e comercialização de acessórios e artigos alusivos aos veículos de duas rodas e um bar ligado à Martin Miller’s”, explicou a organização.

Maior será também o espaço reservado para a Feira de Automobilia, onde os visitantes poderão “comprar todo o tipo de peças de automobilia, designadamente peças de automóveis, miniaturas, livros ou cartazes antigos até objectos de moda, decoração e ‘lifestyle'”, acrescentou.

Outra das novidades da edição deste ano é a introdução no festival do Caramulo Experience Centre de um novo polo museológico recentemente inaugurado que se dedica à paixão motorizada e alberga “uma oficina de restauro e manutenção de automóveis clássicos, as reservas da coleção do Museu do Caramulo, uma área de exposições, um centro de documentação e uma loja de produtos para clássicos”.

“Tudo isto envolto num ambiente único, decorado por centenas de peças originais e históricas relacionadas com o mundo dos motores e das corridas”, avançou a organização, acrescentando que, na noite de 03 de setembro “será possível visitar o Caramulo Experience Center e festejar neste espaço mais uma edição do maior festival motorizado em Portugal”.

Este ano, o Caramulo Motorfestival tem como objetivo ser um evento sustentável, estando previstas iniciativas que contribuirão para a neutralização das emissões de carbono.

Esta edição ficará também marcada pelo “Regresso dos Supercarros”, uma exposição temporária dedicada aos super e ‘hypercars’ que estará em exibição no Museu do Caramulo e que “contará com um alinhamento de luxo constituído por raros modelos”, destacou.

Tal como em ano anteriores, um dos pontos altos do festival motorizado será a Rampa Histórica Michelin, uma prova direcionada aos automóveis clássicos, históricos e de competição, nas categorias de velocidade e regularidade, com a parte desportiva a cargo da Associação Académica de Coimbra – Secção de Desportos Motorizados.

“Na categoria de Chronomasters, a organização continua a apostar nos automóveis pré-guerra e nos Formula V, já na categoria Speedmasters a aposta irá para os automóveis de turismo que fizeram história nos circuitos nacionais e internacionais”, explicou.

Como é habitual, estarão presentes vários pilotos que foram convidados a participar na Rampa Histórica Michelin e no convívio com o público, entre os quais Rui Madeira e Nuno Rodrigues da Silva, ao volante do Mitsubishi Lancer Evo 3, “com o qual escreveram um dos capítulos mais importantes da história do automobilismo português”, ao vencerem o Campeonato do Mundo de Ralis de Grupo N, em 1995.

Rui Ramalho (que venceu duas vezes o Campeonato de Portugal de Montanha e é o detentor do recorde do traçado da Rampa do Caramulo, estabelecido ao volante do Osella PA2000 Evo 2, em 2017), Pedro Salvador (várias vezes Campeão Nacional de Montanha e o piloto mais rápido da Rampa do Caramulo) e Veloso Amaral (detentor de uma longa carreira desportiva, contando com cerca de 400 provas realizadas) estarão também presentes.

A organização prometeu anunciar, em breve, o nome do “grande piloto que marcará, pela primeira vez, presença, no Caramulo Motorfestival”.

Race for Good, um movimento, criado por André Villas-Boas, que utiliza o desporto como veículo de divulgação e promoção do apoio a causas de cariz social e humanitário, estará mais uma vez presente no Caramulo Motorfestival.

A organização garantiu que o programa do festival agradará a toda a família, com atividades lúdicas, parques infantis insufláveis, gastronomia, bares e zonas com música durante todo o evento.

“Ao longo de todo o fim de semana, o público vai poder ainda deliciar-se com mais um clássico do Motorfestival que atrai todos os olhares: o espetáculo aéreo de aviões clássicos, que conta com modelos históricos pilotados por experientes aviadores, seja em voo de demonstração ou acrobático”, sublinhou.

Os habituais passeios e ralis de automóveis, uma concentração de veículos militares alemães, ingleses e norte-americanos da segunda Guerra Mundial, o Encontro das Cinquenta e a concentração Vespa Caramulo são outros pontos do programa.